Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Terça - 19 de Março de 2019 às 07:13
Por: Rodrigo Rodrigues

    Imprimir


O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, a quem tenho a honra de chamar de conterrâneo, é mais um mato-grossense a fazer história e entrar definitivamente na galeria de grandes “homens brasileiros”.

Ao lado de Joaquim Murtinho, Senador Azeredo, Marechal Cândido Rondon, Filinto Müller, Presidente Dutra, Roberto Campos, Dante de Oliveira, trás honra e orgulho ao nosso estado.

Ainda que alguns imbecis vira-latas não o reconheça, como sempre, o tempo lhe fará justiça.

O ministro Gilmar Mendes não é só um dos mais respeitado juristas mundo afora, é muito mais que isso, é um homem que Deus lhe poupou do sentimento do medo e da covardia.

Nascido no interior de nosso Estado, carrega contigo os valores morais de nossos antepassados, nunca abandonou suas raizes fincadas na honra e no senso de justiça.

Não treme diante de pressões de determinados grupos políticos, não se acovarda diante de “histeria insanas”, não muda de opinião por modismo. Defende o reto, o certo, o que tá na lei, o que é de direito.

Homens como Gilmar Mendes sempre são mal interpretados pois estão vários passos a frente dos demais. Enxergaram bem além da cortina de fumaça da hipocrisia e dos interesses escusos. Não se embriagam pelos holofotes e nem pela fama repentina. Não se deslumbram por elogios fáceis de bajuladores.

Está blindado disso tudo pela sua formação cultural é inteligência muito acima da média. Os cães ladram, a caravana passa. Governo trocam de mãos, mas sua coerência se perpetuara pelos livros de histórias.

Em breve será aclamado por ter sido o bravo guerreiro que não se dobrou aos caprichos dos “aloprados” e não permitiu que um bando de afetados mordidos pela mosca azul rasgassem nossa constituição.

RODRIGO RODRIGUES é jornalista.



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/2466/visualizar/