Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Sexta - 03 de Julho de 2020 às 10:25
Por: Ronivaldo Lemos

    Imprimir


Atitudes simples movem o mundo. Este é o lema do Dia de Cooperar (Dia C) deste ano, momento em que se comemora o Dia do Cooperativismo, sempre no primeiro sábado de julho. Durante todo o mês serão realizadas ações de solidariedade e colaboração, especialmente agora, em que a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) deu ênfase a esses valores praticados há tempos pelo cooperativismo e que muito contribuem para o enfrentamento da doença.

O cooperativismo faz parte da história da humanidade. Vem da época dos homens das cavernas, que se agrupavam para poder se defender dos grandes animais. Dessa associação pela sobrevivência foram se construindo formas mais sofisticadas de organização para conseguir benefícios comuns através de ações coletivas.

Desde o seu nascimento, em 1864, na Alemanha, o movimento cooperativista foi fundamental para a união de forças entre as pessoas e para solução de problemas comuns. Os sócios sempre foram pautados por valores sólidos que consolidam bases como honestidade, solidariedade, equidade e transparência.

No Brasil, esse movimento colaborativo chegou em 1902, em Nova Petrópolis (RS), por iniciativa do padre suíço Theodor Amstad, que em conjunto com outras 19 pessoas fundou a primeira cooperativa de crédito da América Latina. O objetivo foi minimizar problemas econômicos com o desenvolvimento de comunidades.

O modelo se repete hoje, quando precisamos nos unir mais do que nunca para enfrentarmos um problema que só será resolvido em coletividade e com a solidariedade de todos, em prol do bem comum. Cooperar é fazer a diferença na vida das pessoas. Todos constroem e ganham. Juntos. E isso impacta a comunidade e o mundo.

Segundo dados do Anuário do Cooperativismo Brasileiro 2019, da OCB – Organização das Cooperativas Brasileiras -, são três milhões de cooperativas no mundo e uma em cada sete pessoas é associada. Esse sistema está presente em 150 países e gera emprego e renda.

Os dados brasileiros são muito significativos: temos 6,8 mil cooperativas e quase 15 milhões de sócios. A participação das pessoas cresceu 62% nos últimos oito anos e as cooperativas geram 425 mil empregos no país. São números relevantes, mas ainda temos muita margem para crescer. Apenas quatro em cada 10 brasileiros conhecem o cooperativismo.

No nosso caso específico, o Sistema Unicred nasceu há 30 anos. Em Mato Grosso, a cooperativa surgiu em 1991 e hoje conta com cerca de 13.600 mil sócios, em nove municípios, com 12 pontos de atendimento e uma unidade administrativa. Somos a quinta maior instituição do Sistema Unicred, na 91º posição entre as 100 maiores instituições financeiras cooperativas do país, num universo de 925 avaliadas pelo Banco Central do Brasil.

Neste dia 4 de julho, em que todas as cooperativas do Brasil celebram o Dia de Cooperar, eu faço um convite a você: participe conosco, conheça mais sobre essa filosofia, pesquise e se informe sobre as cooperativas que existem na sua região. E se você já conhece ou faz parte, envolva e convide outras pessoas a fazerem o mesmo.

Quanto mais difundirmos os princípios da cooperação, mais fortalecemos esse sistema que busca transformar o mundo num lugar mais justo, equilibrado e com oportunidades para todos.

Ronivaldo Lemos

Presidente da Unicred Mato Grosso



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/3167/visualizar/