Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Quinta - 24 de Setembro de 2020 às 07:22
Por: Ramiro Azambuja

    Imprimir


“O planejamento é um instrumento para raciocinar agora sobre os trabalhos e ações que serão necessários hoje para merecermos um futuro. O produto final do planejamento não é a informação, é sempre o trabalho.”



A frase é de Peter Drucker, o maior guru da administração no século XX. Eu me inspiro nela para propor um questionamento: para quais informações você está olhando agora, ao fazer o seu planejamento, para decidir o seu futuro?



Alguns dados têm aparecido em destaque nos veículos de comunicação por todo o país, e vale a pena prestar atenção no que eles nos mostram.



O setor agropecuário impediu uma queda ainda maior do PIB nacional por exibir crescimento de 0,4% no segundo trimestre do ano.



O agronegócio também é responsável pelo resultado apresentado por uma consultoria nacional que aponta Mato Grosso como um dos 5 estados brasileiros que terão força econômica para superar os efeitos da pandemia, com crescimento médio do PIB em 1,4% até 2021.



A estimativa é de colheita recorde da safra de grãos este ano, com aumento de 4,5% em relação a safra 2018/2019 e atingindo o patamar de 257,8 milhões de toneladas produzidas no país.



Em agosto, Mato Grosso registrou saldo positivo de 5.560 empregos gerados, sendo mais da metade das vagas criadas no agronegócio.



Vendas no varejo sobem 5,2% em julho, segundo relatório do IBGE. Um índice superior a todos os prognósticos feitos pelos economistas para o período.



É claro que não é preciso muito esforço para encontrar outras dezenas de dados negativos e de retração. Eles fazem parte do jogo e precisam ser conhecidos, mas a inteligência está na análise estratégica da informação que, quando está contextualizada, passa a fazer sentido e pode ser usada a favor das ações e trabalhos que você pretende fazer.



Quatro dos cinco números que eu apresentei mostram a força e importância do agronegócio para o Brasil. E é de Mato Grosso o título de campeão de produção de grãos, gado e algodão. É aqui que está a fonte da riqueza.



Eu não tenho dúvida de que se as vendas do varejo fossem avaliadas apenas na região, seria possível identificar uma correlação entre o aumento de faturamento e a pujança do agro.



A economia é um intrincado de relações, mas basta olhar pela janela ao viajar pelo estado para entender que a força da produção agropecuária dá respaldo para todas as atividades econômicas.



Não é à toa que escolhemos investir no mercado imobiliário nas regiões de concentração da produção, especialmente em Lucas do Rio Verde e Nova Mutum. Olhamos os dados diariamente e o fazemos com a visão de Drucker, para nortear nosso trabalho e potencializar nosso negócio.



Se você está planejando suas ações, lembre-se que a informação sempre te dá uma escolha: cair no abismo ou construir pontes para o futuro.



Ramiro Azambuja
Diretor-presidente da EMHA Construtora e Incorporadora



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/3328/visualizar/