Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Opinião
Quarta - 03 de Fevereiro de 2021 às 09:32
Por: Michelle Leite de Barros

    Imprimir


É assustador ver o que o padrão de beleza vem fazendo com as mulheres. Todos os dias há uma personalidade famosa mostrando seus procedimentos estéticos e cirurgias plásticas, desde as mais simples até as extremamente invasivas.

Muitas delas se denominam “digital influencer”, mas não há uma responsabilidade com suas seguidoras na hora de repassar as reais informações, tornando sua influência perante as pessoas um risco.

Procurar por influenciadoras sinceras está cada vez mais difícil, visto que elas estão fazendo uma troca com cirurgiões plásticos e clínicas de estética pela divulgação dos mesmos e das mesmas.

Estão romantizando cirurgias graves em detrimento de achar que vão ficar “perfeitas”. O problema é que essa perfeição não existe, nem nunca existiu, nem nunca vai existir. Sempre terá algum novo procedimento para indiretamente dizer às mulheres: “Olha, isso no seu corpo é um defeito, conserte”.

É assustador ver o que o padrão de beleza vem fazendo com as mulheres

O que isso está causando? Mortes. Uma blogueira de vinte e seis anos já considerada dentro dos padrões que a sociedade impõe, ou seja, magra, realizou uma lipoaspiração que teve complicações, acarretando na morte da mesma em 24 de janeiro desse ano. Tudo por que?

Porque agora inventaram uma tal de “lipo LAD” ou “lipo HD”, que é a sigla para lipoaspiração de alta definição. Ela tem a função de deixar o abdômen trincado, a famosa “barriga tanquinho”.

O que pessoas buscavam por anos conseguir de forma saudável numa academia, agora querem da maneira mais rápida, porém arriscando a própria vida.

Um outro ponto que assusta também é o fato de algumas fazerem esse tipo de cirurgia e depois ainda indicarem produtos para emagrecer. Mentem na cara de suas seguidoras sem a menor responsabilidade. Não informam os riscos, não mostram resultados reais, omitem o que convém a fim de deixar outras mulheres desconfortáveis com o que veem no espelho.

Esse artigo não é contra procedimentos estéticos e cirurgias plásticas, mas sim contra a romantização que fazem em cima disso. Não é simples, não é tranquilo, não é um corte de cabelo; é invasivo, é perigoso e pode causar deformação ou morte.

Busquem seguir pessoas reais. Aquelas que por mais que façam cirurgias, sejam sinceras e empáticas com outras mulheres. Aquelas que não colocarão a sua vida em risco afirmando que o que você tem no seu corpo seja um defeito. A blogueira que buscou a tal “perfeição” deixou um filho de seis aninhos, e você? Quem deixaria?

Michelle Leite de Barros é advogada em Cuiabá – MT.



Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/artigo/3556/visualizar/