Publicado em Segunda - 04 de Julho de 2011 | por Eduardo Gomes

Opinião De lágrimas

Carneiro morre ajoelhado chorando em silêncio. No reino animal a vida é a peça da cadeia alimentar. Para o homem, em sua individualidade e, para o Estado, é algo vulgar, como se viu na escravatura brasileira, nos campos de concentração nazista e se vê nas limpezas étnicas corriqueiras nos continentes africano e asiático, mas que também aflora na dita civilizada Europa.
 
Leia mais...

Opinião Uma Carta Reveladora

Publicado em Segunda - 04 de Julho de 2011 | por Lourembergue Alves

A despeito de todo o avanço da tecnologia e das formas de comunicação, a carta – ainda hoje – é utilizada. Foi, nas épocas sem a Internet e sem o celular, bem mais do que é nos dias atuais. O tempo, agora, é outro. Muitíssimo diferente do pretérito.
Leia mais...

Opinião Melhoria dos serviços públicos

Publicado em Segunda - 04 de Julho de 2011 | por Pedro Cardoso da Costa

Em princípio deve ser destacado que a má prestação de serviço beneficia a alguns. Em todas as áreas a prestação sempre foi ruim e continua de mal a pior. Por muito tempo, especialmente no governo de Fernando Henrique Cardoso, o argumento principal seria que o Estado se envolvia em todo tipo de serviço e por isso a qualidade era ruim. Esse argumento serviu de base para a privatização geral e irrestrita, muitas delas sob fortes suspeitas de fraude, mas nada mudou na prestação dos serviços públicos.
 
Leia mais...

Opinião Fim de Um Tipo de Casamento

Publicado em Domingo - 03 de Julho de 2011 | por Lourembergue Alves

“Fim das coligações para as proporcionais”. “Decisão sábia”, dizem alguns analistas, porém ainda pela metade - deve-se acrescentar tanto a esta como aquela frase. Não porque resta a PEC 40/2011, que dá por encerrada esse tipo de casamento político-eleitoral, a aprovação dos congressistas. Mas porque falta o mecanismo capaz de reduzir a desproporção dos resultados eleitorais.
Leia mais...

Opinião Estado do Araguaia: Territorialização de Um Povo

Publicado em Domingo - 03 de Julho de 2011 | por José Roberto Lopes

Proponho a retomada das discussões sobre a divisão territorial de Mato Grosso, com a proposta da criação do Estado do Araguaia, um sentimento regional de pertencimento coletivo inegável, polêmico, porém, inevitável.
Leia mais...

Opinião Melhoria dos serviços públicos

Publicado em Domingo - 03 de Julho de 2011 | por Pedro Cardoso da Costa

Em princípio deve ser destacado que a má prestação de serviço beneficia a alguns. Em todas as áreas a prestação sempre foi ruim e continua de mal a pior. Por muito tempo, especialmente no governo de Fernando Henrique Cardoso, o argumento principal seria que o Estado se envolvia em todo tipo de serviço e por isso a qualidade era ruim. Esse argumento serviu de base para a privatização geral e irrestrita, muitas delas sob fortes suspeitas de fraude, mas nada mudou na prestação dos serviços públicos.
Leia mais...

Opinião A finalidade do BNDES

Publicado em Sexta - 01 de Julho de 2011 | por Dirceu Cardoso Gonçalves

 Salvo melhor juízo, o BNDES é uma instituição governamental de fomento criada para alavancar o desenvolvimento nacional e apoiar as empresas, especialmente as nascentes”.
Leia mais...

Opinião A vida é uma roda

Publicado em Quinta - 30 de Junho de 2011 | por BENEDITA ENILDES DE CAMPOS COR

“Da íntima natureza de cada homem é que nasce o seu motivo de agir: o homem é aquilo que ele ama: o que o homem é, é isso que ele crê, e com isso se identifica”. (cap.17 – Bhagavad Gita)
Leia mais...

Opinião Opinião médica na rede social

Publicado em Quinta - 30 de Junho de 2011

Definitivamente vivemos a era da informação. Trata-se de uma realidade que se manifesta em todos os campos da atividade humana e, cada vez mais, nos surpreendemos com a capacidade da internet e das redes sociais de potencializar a influência dos cidadãos em estados democráticos ou, em casos emblemáticos, mobilizar politicamente povos que vivem sob ditaduras longevas.
 
Leia mais...

Opinião Atropelos e Desacertos Persistentes

Publicado em Quinta - 30 de Junho de 2011 | por Lourembergue Alves

O VLT é o modal escolhido. Embora seu custo seja bem superior que o do BRT. Isso “pesa”. Mas não o bastante. Pois o que contam mesmo, no aspecto de mobilidade urbana, são a característica moderna e a comodidade. Ainda que o atual transporte coletivo continue em cena. Este não desqualifica aquele, o qual também não aposenta os ônibus. Ambos existirão um ao lado do outro, a serviço da população. 
Leia mais...