Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Nacional
Domingo - 05 de Dezembro de 2010 às 13:47
Por: Glauco Araújo

    Imprimir


Após a ocupação do Conjunto de Favelas do Alemão e a saída dos traficantes que dominavam a região com armas, drogas e violência, os moradores poderão curtir o primeiro baile funk, a partir das 19h deste domingo (5), no Clube Paranhos, na Zona Norte do Rio. A diversão com funk, rap e samba deve voltar a fazer parte da rotina dos moradores, mas dessa vez com um aparente clima familiar.

O organizador do evento é Valnei Miranda Maciel, o MC Playboy. "Não foi uma coisa programada para ser o primeiro baile depois da ocupação, o evento já estava programado antes da ação policial. De qualquer forma, fico feliz por proporcionar aos moradores do Alemão um momento de diversão depois de tanto tiro, medo e susto."

MC Playbou disse que procurou o comando do 16º Batalhão da Polícia Militar para pedir garantias e apoio para que não haja violência durante o evento. "A minha parte posso garantir que será um baile sem música ofensiva e não vai ter baderna."

O músico afirmou que espera reunir mais de três mil pessoas no salão do clube. "A polícia pediu que o baile tivesse hora pra começar e para terminar. Por isso o baile vai começar às 19h e terminar a 0h". Ele vai contar com a participação especial do grupo Jaula das Gostosudas, MC Vuk Vuk, MC FB, MC Copinho e da equipe de som Pitbull Cruel. Os ingressos antecipados custam R$ 5. Na bilheteria, a entrada vai custar R$ 8.

Renovação musical
MC Playboy vai aproveitar o evento para lançar o videoclipe da música "Por amor II" e ainda promete surpresas para os fãs que conhecem o trabalho dele. "Será a primeira vez que eu vou tocar com banda. Sou deixar o playback de lado e subir com músicos no palco. Vou cantar minhas músicas com pessoal do samba. Vou misturar o rap e o funk com pagode. Isso vai virar "pagofunk" e "pagorap". Tenho certeza que a fórmula vai ser de sucesso".

O G1 acompanhou o ensaio do músico, na laje de sua casa, no Alemão, na tarde deste sábado (4). Assim que anunciou pelo microfone que iniciaria a preparação para o novo show deste domingo, no baile funk, muitas crianças subiram para se divertir. Das janelas das casa vizinhas, muitos moradores aproveitaram para dançar e aliviar a tensão dos últimos dias.

"Minha casa sempre estará aberta para a comunidade. Sempre convido as crianças e meus vizinhos para ouvir minha música. Todos sabem que podem entrar em casa. Sou um artista e dependo do meu público. Faço isso porque acredito que a música pode mudar as pessoas para o bem. Faço funk cultural, para as crianças e isso me enriquece cada vez mais. Sempre acreditei que o jovem pode ter oportunidade", disse MC Playboy.





Fonte: Do G1 RJ

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/108794/visualizar/