Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Sexta - 19 de Novembro de 2010 às 09:59

    Imprimir


As vendas de óculos de sol estão aumentando não só por conta das férias de verão que se aproximam, mas também por causa do Natal. Enquanto se procura combater a pirataria, que responde por 40% do mercado ótico, uma parcela da população segue fazendo suas escolhas pelo preço, pondo em risco a saúde dos olhos.

“Óculos de sol é, antes de tudo, uma questão de prevenção. As pessoas devem cultivar mais o hábito de não sair de casa antes de passar protetor solar e colocar seus óculos de sol – ainda que o dia esteja meio chuvoso. Só não adianta economizar muito, porque os modelos que não contam com proteção contra os raios ultravioleta podem ser até mais prejudiciais à visão do que sair de casa sem óculos”, diz o doutor Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, em São Paulo.

Neves adverte ainda que, além de fazer uso de bons óculos de sol em quaisquer circunstâncias, é importante lavar os olhos com bastante água durante o dia e pingar algumas gotas de lágrima artificial para limpar o globo ocular e prevenir doenças. “Esse hábito é especialmente recomendado para quem passa muitas horas diante do computador ou dos livros, e também para quem mora em cidades com alto índice de poluição”.

Como relação ao formato e à cor das lentes, o oftalmologista tem uma dica: “Aproveite que a moda está favorecendo as lentes grandes e arredondadas, que proporcionam maior cobertura à área dos olhos. Quanto à cor das lentes, as verdes e castanhas são opções mais acertadas em relação a contraste e profundidade. Evite as pretas e coloridas. A não ser à noite, quando as lentes amarelas melhoram a visão dos motoristas”.

Dobre os cuidados com as crianças

De acordo com o Vision Council of America, 45,9% dos pais norte-americanos dizem que seus filhos nunca ou raramente usaram óculos de sol com 100% de proteção UV. No Brasil, a situação deve ser semelhante. Estudos revelam que esse descuido poderá aumentar o risco de desenvolverem catarata e degeneração macular com o tempo.

Veja as dicas que o doutor Renato Neves aponta 7 dicas para acertar na escolha dos óculos de sol infantis:

Não negligencie a visão do seu filho. Invista em óculos de sol com 100% de proteção UV;

Confira se os óculos de sol se ajustam perfeitamente ao rosto da criança. Para que ela sinta-se confortável é preciso não apertar demais nem ter de ficar segurando os óculos com receio de caírem;

Seja paciente. Crianças podem levar um pouco mais de tempo do que os adultos para se adaptarem à novidade. Depois vão adorar;

Opte por lentes mais resistentes a quedas e riscos. O objetivo principal é proteger os olhos sem limitar os movimentos da criança;

Se a criança pratica esportes ou costuma brincar de correr com os colegas, considere armações apropriadas, que são presas na nuca;

Crianças que usam óculos de grau devem ter também a prescrição de um modelo similar de sol;
Adolescentes que fazem uso de lentes de contato não precisam de receita para comprar óculos de sol, mas devem usar ambos em lugares abertos.
 

Fonte: Dr. Renato Neves, médico oftalmologista, diretor do Eye Care Hospital de Olhos (SP) – www.eyecare.com.br // www.olhos.org.br






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/110399/visualizar/