Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 15 de Novembro de 2010 às 15:45
Por: Barra do Garças

    Imprimir


Empreiteira adia reforma e liberação de pontes ocorrerá só na quarta-feira
De Barra do Garças - Ronaldo Couto
Foto: Reprodução
 
Empreiteira promete liberar as pontes nesa 4ª feiraA empreiteira Sanches Tripoloni pediu mais dois dias de prazo para terminar a reforma das pontes Garças e Araguaia, na divisa de MT e GO, adiando para quarta-feira (17) a liberação do trânsito nas duas pistas das pontes. Os engenheiros informaram que estão passando um produto de construção semelhante a uma cola para reforçar o piso que foi reformado cujo serviço deve durar mais 48 horas. Eles acreditam que tudo estará pronto na quarta desafogando o trânsito em Barra do Garças.

Por causa da reforma que interrompeu meia-pista, as carretas foram proibidas de passarem dentro da cidade durante o dia. As quase 1.200 carretas  que atravessam a cidade diariamente só podem passar a partir das 0h às 6h, conforme notificação do Ministério Público e decreto assinado pelas três prefeituras da região.

O comandante da PM no Araguaia, coronel Valdemir Barbosa, informou que depois da reforma entrará em vigor um novo decreto proibindo as carretas nos horários de pico: das 6h às 8h; das 11h às 14h e das 18h às 20h.


Nos demais horários as carretas vão entrar na cidade de 10 em 10 para evitar novos congestionamentos. Segundo o promotor Marcos Brant, a população dos três municípios não aceita voltar o caos que era antes com as carretas ‘trancando’ o centro comercial da cidade.

O reparo que está sendo feito nas pontes foi determinado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), que detectou o defeito no piso que trincou. A reforma custou ao Ministério dos Transportes R$ 32 milhões, mas apresentou irregularidades em menos de três anos. A solução definitiva para desafogar Barra do Garças das carretas seria a construção do anel viário avaliado em R$ 80 milhões, que pode demorar na visão do promotor, pois sequer está incluído no PAC 2.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/110814/visualizar/