Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Brasil Eleições 2012
Quinta - 16 de Setembro de 2010 às 12:27

    Imprimir


O PSDB pediu nesta quinta-feira o afastamento imediato da ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, como forma de garantir a lisura das investigações de denúncias de tráfico de influência feitas contra a ministra e contra seus familiares.

"As investigações sobre as crescentes denúncias envolvendo a ministra Erenice Guerra, seus familiares, ex-familiares, assessores e ex-assessores, não podem ser feitas com a atual ministra no cargo, seu afastamento é essencial e deve ser imediato", afirma nota assinada pelo presidente do partido, senador Sérgio Guerra (PE).

De acordo com a sigla, somente o afastamento de Erenice pode garantir uma apuração profunda, transparente e sem farsas. "Caso contrário, será mais um crime envolvendo o PT e suas principais lideranças a ser empurrado para debaixo do tapete", diz o documento.

O senador afirma ainda que o episódio não se trata mais de uma questão eleitoral, "para onde o governo, a candidata e o PT tentaram desviar". "O caso é de polícia", afirmou.

Denúncias publicadas pela imprensa afirmam que Israel Guerra, filho da ministra, comandaria um esquema de lobby em troca de pagamentos para beneficiar empresas em busca de contratos com o governo.

As denúncias se referem a acontecimentos que ocorreram quando Erenice era secretária-executiva da então ministra Dilma Rousseff, candidata do PT à Presidência e líder das pesquisas eleitorais.

Erenice nega envolvimento no lobby. Uma investigação sobre a conduta da ministra foi aberta na Comissão de Ética Pública da Presidência da República a pedido da própria Erenice.

Na quinta-feira o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, também pediu em nota o afastamento imediato da ministra e afirmou que as acusações de tráfico de influência que a envolvem colocam em risco a credibilidade do governo.

(Por Eduardo Simões) 





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/115297/visualizar/