Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Segunda - 09 de Agosto de 2010 às 15:12

    Imprimir


Agentes da Força Especial de Luta Contra o Narcotrafico (FELCIN), da Bolivia, deram neste final de semana um duro golpe numa das maiores organizações criminosas que operam em cidades bolivianas na fronteira com o estado de Mato Grosso. Foi descoberto um mega-laboratório onde foram apreendidos nada menos que 882 quilos de cocaina pura, todos os tabletes traziam o emblema de "cartéis" com a inscrição "Totto". A apreensão se deu cinco dias após os agentes bolivianos comandados pelo coronel carlos Arnês e pelo promotor Hugo Bismark Guzmán, terem apreendido uma aeronave que fez pouso forçado proximo a San Inacio de Velasco, com um aparato policial efetuando varredura na area rural dessa cidade, chegou-se ao laboratório.

Um brasileiro, um cidadão de nacionalidade colombiana e mais quatro bolivianos estão detidos sob suspeitas de terem ligações com esse acampamento de refino. O feito dos policiais da fronteira boliviana acabou arrastando o ministro de Estado Sacha Llorienti, para San Inacio, assim como diversas autoridades daquele país. Chamou a atenção a estrutura montada pelos narcotraficantes situada entre as cidade de Concepcion e San Inacio, ambas na linha de divisa com o território mato-grossense, de acordo com as autoridades bolivianas, o local vinha processando 100 quilos de cocaina por dia. Não é comum as quadrilhas refinarem as pastas bases, em geral são negociadas com traficantes brasileiros "in natura", porém neste caso, além de cristalizadas estava empacotadas com marca do cartel, o que leva crer, que o destino dessa carga seria a Europa.

Estatisticas das autoridades da Bolivia apontam que até este mês, já foram apreendidos 2o toneladas de cloridato de cocaina, enquanto que em todo decorrer de 2009, somou 17 toneladas. O ministro boliviano Sacha Llorenti, confirmou a imprensa que seu governo está empenhado e garantir melhor estrutura voltada para o combate do narcotrafico da fronteira com Mato Grosso, assegurando que novos e modernos equipamentos de radares, aviões e helicopteros já foram adquiridos, serão disponilbilizados para este semestre um aumento de efetivo nessa mesma região. No lado brasileiro, as Tropas Federais (Marinha, Exercito e Aeronautica), assim como todo efetivo da Policia Rodoviária Federal, da Policia Federal de Cáceres, tendo ainda o apoio de forças auxiliares como o Gefron, permanecerão por mais tres meses atuando em praticamente todos os locais supostamente utilizados como rota pelos traficantes.

Os integrantes da Força Nacionalque estão baseados em Cáceres, são todos oriundos do Estado do Pará. Essa tropa conta com apoio da PRF/Cáceres, tendo como mascotes duas cadelas da raça labrador - Polly e Duda - ambas adestradas para localizar cocaina em veiculos e em bagagens nos veiculos que trafegam pelas rodovias federais 070 Cáceres/San Matias e Cáceres/Porto Velho na 174.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/119669/visualizar/