Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
MT Eleições 2014
Quinta - 05 de Agosto de 2010 às 11:01
Por: Thalita Araújo

    Imprimir


O empresário Mauro Mendes, candidato do PSB ao governo estadual, teve seu pedido de registro de candidatura deferido pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) na manhã desta quinta-feira (5). O candidato Wilson Santos (PSDB) também terá seu pedido analisado hoje, um dos registros mais polêmicos da pauta, bem como o do deputado estadual José Riva (PP), que teve mandato cassado na semana passada.

Santos teve a emissão de sua certidão de quitação eleitoral negada pela Justiça Eleitoral, documento requerido para deferimento do registro. A negativa deu-se em virtude de o candidato ter tido suas contas de campanha de 2008 reprovadas. Mendes, no entanto, também teve suas contas reprovadas na mesma disputa, mas conseguiu a quitação eleitoral e o registro.

Já Riva teve seu mandato cassado no último dia 27 em decisão unânime do Pleno do TRE-MT por compra de votos na eleição de 2006, em Santo Antônio de Leverger, e por suposta prática de "caixa 2".

Tal decisão contra o presidente da Assembleia Legislativa, apesar de caber recurso, pode levar o Pleno a decidir pelo indeferimento do pedido, tal qual ocorrido com o deputado federal Pedro Henry (PP), que teve seu registro de candidatura negado no último sábado tendo como um dos principais argumentos do TRE para o indeferimento o fato de Henry ter sido declarado inelegível por três anos em decisão do dia 20 de julho.

Além de Wilson e Riva, também estão na pauta de julgamentos Antero Paes de Barros (PSDB, Carlos Abicalil (PT), Pedro Taques, (PDT) e Jorge Yanai (DEM), todos candidatos ao Senado, além de Chica Nunes (DEM), Gilmar Fabris (DEM), Serys Slhessarenko (PT), dentre outros. O candidato a vice de Mauro Mendes, Otaviano Pivetta (PDT), também teve seu pedido julgado e deferido pelo Pleno nesta manhã.

Esta quinta-feira é o último dia para julgar os pedidos de registro de candidaturas, e TRE deverá concluir o julgamento de pelo menos 73 pedidos de candidaturas. Ao todo, já foram apreciados 341 processos, entre eles 12 pedidos de renúncia julgados monocraticamente pelos membros. Ao todo, foram protocolados 424 pedidos de registro de candidatura.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/120119/visualizar/