Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
MT Eleições 2014
Sexta - 16 de Julho de 2010 às 18:18
Por: Romilson Dourado

    Imprimir


O ex-apresentador de TV Wagner Ramos, que se efetivou na Assembleia com a renúncia de Humberto Bosaipo para poder assumir a cadeira vitalícia de conselheiro do TCE, é o nome mais cotado em Tangará da Serra para deputado estadual. Ele exerce mandato desde 2007 e busca a reeleição. A preferência do eleitorado tangaraense pelo nome do deputado já era esperado porque ele mora no município. A pesquisa espontânea do instituto Mark, realizada entre 10 e 12 deste mês em parceria com o RDNews, ouviu 252 eleitores.

O nome do republicano aparece com 21% das intenções de voto. Em seguida, surge o também deputado Sérgio Ricardo (PR), com 2,8%, e o suplente de deputado Alexandre Cesar (PT), que tem como cabo eleitoral no município o vice-prefeito Zé Pequeno  (PT). Alexandre foi citado por 2% dos entrevistados. Também figuram na amostragem espontânea o deputado tucano Guilherme Maluf e o progressista José Riva, ambos candidatos a novo mandato.

Diversos outros nomes entre os 291 candidatos a deputado estadual foram lembrados, mas com percentuais inferiores a 1%. A ex-deputada federal Teté Bezerra (PMDB), por exemplo, aparece com 0,8%. A deputada Chica Nunes (DEM) figura com 0,4%, assim como doutor Francisco e os deputados estaduais Sebastião Rezende e João Malheiros (ambos do PR), Gilmar Fabris (DEM), Maksuês Leite (PP) e o presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, vereador Deucimar Silva (PP). São lembrados ainda com 0,4% o deputado Antonio Brito (PMDB), que recuou do projeto à reeleição, o ex-deputado e apresentador de TV Walter Rabello (PP), o ex-deputado Emanuel Pinheiro (PR), Chico Salgado e Francisco Clemente.

Em Tangará da Serra, conduzida pelo prefeito Júlio César Ladeia, é considerável o percentual de eleitores indecisos. Chega a 59,1%. Se as eleições fossem hoje, 6,7% disseram que votariam em branco ou nulo, segundo constatou o instituto Mark. Os pesquisadores ouviram eleitores de 49 municípios. A amostragem está registrada no TRE-MT, sob número 20.777/2010. Como são quase 300 candidatos e a pesquisa foi feita somente em um dos 141 municípios, não é possível apresentar segurança nos dados capaz de declinar esse ou aquele nome como possível eleito. Os dados servem tão somente para constatar quais são os candidatos mais lembrados na corrida por vaga na Assembleia.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/122650/visualizar/