Repórter News - reporternews.com.br
Policia MT
Domingo - 04 de Julho de 2010 às 10:28

    Imprimir


Policiais militares prenderam um adolescente de 16 anos que chefiava uma quadrilha de roubo de picapes na Grande Cuiabá. Com ele, os PMs prenderam também Jucélia da Silva Bueno, de 33, que participou do assalto a um oficial dos Bombeiros, feito refém junto com dois familiares e levados a um cativeiro. O casal roubou do militar a picape dele, uma S-10 preta. Com a dupla, os policiais apreenderam um revólver calibre 38.

Populares viram a cena do roubo e acionaram a Polícia, que localizou as vítimas e os bandidos numa estrada de chão, próxima à rodovia Emanuel Pinheiro, que dá acesso a Chapada dos Guimarães. A prisão ocorreu anteontem, por volta das 22 horas.

Segundo as vítimas, uma hora antes, elas passavam pelo residencial Paiaguás, em Cuiabá, próximo do Detran. Assim que estacionaram a picape, foram rendidas pelo casal. O adolescente, armado com um revólver, obrigou o bombeiro aposentado a ir dirigindo o veículo. A mulher, por sua vez, sentou-se no banco de trás.

De lá, seguiram em direção à rodovia Emanuel Pinheiro e entraram por uma estrada de chão. A todo momento, “tranqüilizavam” as vítimas dizendo que o interesse deles era apenas a picape.

Conforme o bombeiro aposentado, os ladrões falavam com uma pessoa ao celular. Em seguida, mexeram nas carteiras das vítimas, mas como não encontraram dinheiro, obrigaram-nas a descer e ficar sentadas no mato. O garoto passou o revólver para a mulher que ficou apontando a arma para as vítimas.

“Enquanto isso, o adolescente saiu com a picape avançando a estrada. Não sei o que aconteceu, parece que errou a estrada e voltou umas duas vezes. Nesse momento, apareceu a Polícia”, relatou o proprietário da picape.

Assim que deparou com os militares, o casal se rendeu, entregando as armas. Eles foram levados para a Central de Flagrantes e de Ocorrências. Jucélia foi autuada em flagrante por roubo e o garoto, encaminhado para a Delegacia Especializada do Adolescente (DEA) da Capital.

Para policiais plantonistas, o alto número de picapes S 10 roubadas nas últimas semanas – 11 em menos de 30 dias – tem uma explicação. São roubadas para desmanche e revendidas para lojas de auto-peças que trabalham com material irregular.

Um dos policiais reconheceu o adolescente – ele foi preso várias vezes participando do roubo de veículos. “É um velho conhecido da Polícia”, lembrou.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/124643/visualizar/