Repórter News - reporternews.com.br
Copa do Mundo 2010
Terça - 22 de Junho de 2010 às 17:42

    Imprimir


O técnico francês Raymond Domenech disse, após a derrota por 2 a 1 para a África do Sul, responsável por eliminar sua seleção do Mundial-2010, que de agora em diante será o "torcedor número 1 da equipe".

"A seleção francesa tem que seguir adiante", afirmou. "Desejo muita sorte ao meu sucessor, sou o primeiro torcedor da França a partir de agora", acrescentou ele, que já tem o substituto: o ex-zagueiro Laurent Blanc.

Domenech se negou a comentar porque não apertou a mão do colega Carlos Alberto Parreira ao apito final do árbitro. Em sua coletiva, o brasileiro criticou o fato.

A saída dele já estava prevista para depois do torneio, mas tudo ganhou outra importância após a série de escândalos que cercaram a concentração francesa na Copa.

Ele explicou que não esteve com os jogadores após a derrota para a África do Sul, mas que quer "apertar a mão deles e olhar em seus olhos (...) que entendam que temos que ser capazes de olhar para a frente, ser dignos na vitória e na derrota".

Perguntado se algum jogador se havia negado a entrar em campo, devido aos recentes problemas que a seleção atravessou, Domenech disse que "ninguém se negou a jogar, porém Eric Abidal não estava bem e então pedi que permanecesse no banco".






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/126404/visualizar/