Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Sexta - 18 de Junho de 2010 às 08:24
Por: Patrícia Sanches

    Imprimir


O governo está disposto a contribuir financeiramente para o término da greve dos mais de cinco mil servidores do Tribunal de Justiça. A única exigência é que a “ajuda” não comprometa o orçamento do Estado. O governador Silval Barbosa argumenta que o Estado não suportará “investir” os R$ 200 milhões necessários para quitar o pagamento de vencimentos relacionados à Unidade Real de Valor (URV). “É um valor muito alto, mas se houver uma espécie de parcelamento a longo prazo estamos prontos para discutir”, afirmou Silval. Além do pagamento imediato do URV, os servidores querem receber benefícios como salário família e a promoção salarial de oficiais de Justiça com ensino médio como se tivessem curso superior.

Diante do impasse que tem atrapalhado o andamento do Poder Judiciário no Estado foi criada uma força-tarefa integrada para intermediar um acordo entre o TJ e os dirigentes do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso (Sinjusmat). A primeira reunião do grupo ocorreu na última quarta (16), sendo conduzida pelo presidente do TJ, José Silvério Gomes. Além dele, participaram do encontro o desembargador Orlando de Almeida Perri, o presidente e secretário-geral da OAB, Claudio Stábile e Daniel Teixeira, respectivamente, e o presidente do Sinjusmat Rosenwal Rodrigues. Servidores e dirigentes sindicais das comarcas de Barra do Garças, Sinop, Tangará da Serra, Rondonópolis e Cáceres também estavam presentes.

Silvério aproveitou as quase três horas de reunião para detalhar a situação financeira da instituição. A ideia era demonstrar a impossibilidade no cumprimento da pauta de reivindicações dos servidores já que 96% do orçamento está comprometido com o pagamento da folha de pagamento. Além da busca de apoio do governo para pagamento do passivo referente à URV, Silvério se comprometeu a apresentar uma proposta para o pagamento do auxílio-alimentação, que será submetida ao pleno do TJ.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/127015/visualizar/