Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Quarta - 12 de Maio de 2010 às 10:39

    Imprimir


O ministro do Desenvolvimento Agrário, Guilherme Cassel, confirmou ontem,  durante o Encontro “Diálogo Brasil-África que o Programa Mais Alimentos será expandido para os países africanos.  O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social criará um fundo de US$ 250 milhões para financiar a compra de tratores e equipamentos no continente para fortalecer e modernizar a agricultura familiar naqueles países.

O Mais Alimentos foi lançado no Brasil em junho de 2008 e já financiou a compra de 25 mil tratores e 10 mil resfriadores de leite para os agricultores familiares de todo o país. Aqui no Brasil, a linha de crédito tem juros de 2% ao ano, três anos de carência e um prazo de pagamento de 10 anos. Para a África, o BNDES vai estipular a taxa Libor mais 1% e seis anos para pagamento. A garantia será feita pelos bancos multilaterais africanos. A exigência é que os tratores deverão ter, pelo menos, 60% de seus componentes fabricados no Brasil e potência de até 75 CV. 

Cassel acredita que o volume de crédito deverá aumentar já que a demanda é grande. O Zimbabue, por exemplo, pretende comprar cerca de 50 mil tratores em quinze anos. Nas próximas semanas, o BNDES e os bancos africanos deverão se reunir para detalhar e fechar o programa.

Durante o Diálogo Brasil Africa, que reúne mais de quarenta ministros da agricultura africanos, o ministro Cassel fez reuniões bilaterais com diversos países, entre eles, Zimbábue, Namíbia, Congo e Benin. Todos querendo conhecer a rede de políticas públicas criadas pelo Brasil nos últimos sete anos para fortalecer a agricultura familiar no Brasil.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/132753/visualizar/