Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica MT
Terça - 13 de Abril de 2010 às 18:20
Por: Simone Alves e Andréa Haddad

    Imprimir


O governador Silval Barbosa (PMDB) não acredita que a repercussão da Operação Hygeia, da Polícia Federal, possa comprometer a pré-candidatura dele à reeleição. “Nunca tive relação alguma com a Funasa (Fundação Nacional de Saúde). Não indiquei funcionários nem lá nem em ONGs. Não tenho porque temer”, disse nesta terça (13), durante a solenidade de lançamento do Plano de Ações de Segurança, no Palácio Paiaguás.

Três membros do PMDB foram presos por suposto envolvimento nas fraudes: Carlos de Miranda, o Carlinhos, e Rafael Belo Bastos, 1º tesoureiro e secretário-geral do PMDB no Estado, respectivamente. O terceiro envolvido é José Luis Gomes Bezerra, sobrinho e assessor de gabinete do deputado federal Carlos Bezerra, presidente do partido.

Segundo Silval, o parlamentar assegurou que irá apurar o envolvimento de membros o partido no esquema. Caso seja comprovada a participação, os três devem ser afastados. “Até que se apure tudo, o Bezerra vai tomar as providências necessárias. Junto com a executiva, ele vai avaliar a necessidade de afastar os envolvidos do PMDB, se é que há envolvidos”, ponderou o governador.

Carlinhos, Rafael e José Luis Bezerra foram presos pela PF, na última quarta (7), por suposto envolvimento em fraudes na execução de obras e contratações pela Funasa e Oscips Instituto Creatio e Idheas, que prestavam serviços a municípios como Santo Antônio do Leverger, Cáceres, Pontes e Lacerda, Confresa e Tangará da Serra. O deputado Carlos Bezerra é tido como um político com ampla influência na Funasa e Creatio.

Numa das conversas interceptadas pela PF, Carlinhos diz ao lobista Valdebran Padilha que pediu a intervenção de Silval, então vice-governador, na liberação de recursos. “Com a garantia que o Silval falou, que tá lá, que tá tudo certo, que nem precisa preocupar”, diz o peemedebista, num dos trechos.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/136346/visualizar/