Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Agronegócios
Quarta - 24 de Março de 2010 às 13:04
Por: Leandro J.Nascimento

    Imprimir


A valorização no preço do algodão tem causado otimismo no setor produtivo. Durante a semana passada, houve alta de 2% em praticamente todos os municípios produtores, segundo informa o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Em Sapezal, maior produtor do Estado, a arroba começou a semana valendo R$ 45,60 e fechou o período cotada a R$ 46,30.

Em Rondonópolis, na segunda-feira (15) a pluma era negociada a R$ 46,50. Na quinta-feira, havia avançado a R$ 46,90 e terminou a semana valendo R$ 47,20. Em Sorriso, a menor escala foi a de segunda-feira: R$ 45,80. Já na sexta-feira estava valendo R$ 46,50, com variação média de 2%.

A região Sudeste desponta como a maior produtora de algodão do Estado. Ela representa cerca de metade da produção de Mato Grosso. De acordo com o Imea, esse fato pode ser justificado pela concentração de municípios, cuja cotonicultura é mais expressiva, como Primavera do Leste, Campo Verde, Alto Taquari e Itiquira.

Apesar da aparente hegemonia dos municípios do Sudeste, é na região Oeste que está localizada a cidade de maior produção do Estado: Sapezal detém o primeiro lugar, cuja participação é estimada em 14% da oferta de algodão para a safra 09/10 em Mato Grosso.

Exportação
Mato Grosso e Bahia figuram como os principais exportadores e produtores brasileiros de algodão em pluma. As exportações, no início deste ano, seguiram praticamente equilibradas. Apesar das sucessivas quedas, em fevereiro os cotonicultores mato-grossenses embarcaram 22% a mais de pluma que o estado baiano, já em janeiro esta diferença foi de apenas 5%. No entanto, no período analisado, a maior diferença ocorreu em dezembro/09, quando Mato Grosso embarcou 66% a mais. As baixas registradas em fevereiro foram de 11% para Mato Grosso e 24% para a Bahia.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/138486/visualizar/