Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 27 de Janeiro de 2010 às 10:08
Por: Leandro Nascimento

    Imprimir


O último balanço divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior indicou Lucas do Rio Verde como sétima maior exportadora em Mato Grosso. Ao longo do ano passado os negócios efetivados pelo município junto aos diferentes mercados totalizaram US$ 383,2 milhões o que, perante o mesmo período de 2008, indicou alta de 11,78%.

Se em doze meses o desempenho da cidade foi de alta, exclusivamente em dezembro acentuou-se baixa de 41,09% nos embarques. Ou seja, as operações recuaram de US$ 27,4 milhões a outros US$ 16,1 milhões no final de 2009, conforme o ministério. Ainda assim, levando-se em conta o ciclo atual Lucas do Rio Verde avançou perante o cenário internacional.

Como na maioria das cidades mato-grossenses, o destaque ficou por conta da soja, principal componente exportado entre janeiro e dezembro: US$ 157,6 milhões. Este número é 20,45% menor se levado em conta o volume exportado em 2008: US$ 198,2 milhões.

O principal mercado consumidor do produto luverdense foi a China. Para ela foram embarcados US$ 111 milhões (+30,10%). Holanda (US$ 40,8 milhões) e Espanha (US$ 26,5 milhões) figuraram na segunda e terceira posições, respectivamente.

Da região Norte, Sorriso e Nova Mutum encerram o ano como terceira e quinta maiores exportaras. Conforme o MDIC, Sorriso embarcou US$ 445,7 milhões, crescimento de 59% frente a 2008. Neste último ciclo as vendas ao mercado internacional haviam alcançado US$ 280,2 milhões. O agronegócio continua como principal incentivador da balança comercial. Tratando-se dos produtos mais vendidos o destaque é a soja (com US$ 329,7 milhões vendidos) seguida pelo milho (US$ 112 milhões).

Já Nova Mutum embarcou US$ 407,3 milhões, resultado 131% acima do de 2008 quando movimentaram-se US$ 176 milhões. Quem puxou a alta nos negócios foi a soja. As exportações deste produto chegaram a US$ 195,3 milhões. De bagaços e outros resíduos da extração do óleo de soja embarcados US$ 98 milhões e em milho US$ 51,1 milhões.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/144670/visualizar/