Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 27 de Janeiro de 2010 às 09:07

    Imprimir


O Procon do Estado determinou à empresa Yoki Alimentos S/A a retirada dos salgadinhos Yokitos, vendidos em pacote promocional com cinco unidades, de todos os estabelecimentos comerciais locais. A medida vale para os pacotes com a expressão “Não contém glúten” contida na embalagem externa. O fornecedor deve ainda comunicar os consumidores por meio de anúncios publicitários sobre o recall, conforme exige o Código de Defesa do Consumidor (CDC).

Um erro de informação coloca em risco a saúde do consumidor. Ao contrário do que informa a embalagem externa, pode haver traços de glúten nos cinco salgadinhos individuais contidos no pacote promocional, já que os produtos são produzidos em local onde são processados alimentos com este ingrediente. A Lei Federal n° 8.543/1992 determina a impressão de advertência em rótulos e embalagens de alimentos industrializados com glúten, a fim de evitar a doença celíaca ou síndrome celíaca.

Os fiscais de defesa do consumidor verificaram os maiores supermercados da Capital e constataram que duas redes comercializavam o produto. O Procon notificou os estabelecimentos para que retirassem os pacotes promocionais à venda e informou a Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat) para comunicar seus associados da decisão.

O artigo 10 do Código prevê que o fornecedor não coloque no mercado produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança. “Os consumidores que tiverem comprado o produto, induzidos pela informação incorreta na embalagem promocional, podem pedir a devolução do valor pago diretamente na empresa ou nos postos do Procon estadual”, orienta o gerente de Fiscalização e Controle do órgão, Ivo Vinícius Firmo.

O telefone do Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da Yoki Alimentos é (55) 11 2188-8444 e o e-mail é sac@yoki.com.br.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/144678/visualizar/