Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Quarta - 27 de Janeiro de 2010 às 04:52

    Imprimir


Gaspar Nóbrega/VIPCOMM/Divulgação
Antes sondado por clubes de Espanha e Rússia, Hernanes agora admite deixar futebol brasileiro
Antes sondado por clubes de Espanha e Rússia, Hernanes agora admite deixar futebol brasileiro

Como tem sido desde que começou a se destacar, em 2007, o futuro de Hernanes está nas mãos do presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio. Todos os anos, o dirigente recebe sondagens e propostas pelo camisa 10.

"O Juvenal está com três propostas em mãos pelo jogador. Agora, ele é quem vai decidir o que fazer até o fim da janela", afirmou Joseph Lee, empresário do jogador.

A janela de transferências para a Europa termina na próxima segunda-feira. Até lá, o clube tem de resolver se negocia ou não. As propostas que o clube tem em mãos giram entre 13 e 15 milhões de euros (R$ 33,6 a R$ 38,7). Os interessados, por enquanto, são mantidos em segredo. A multa é de R$ 64,6 milhões.

O São Paulo detém 75% dos direitos econômicos do atleta. O jogador e seu empresário têm 17%, e a Traffic, 8%. Segundo o agente, Hernanes, desta vez, está disposto a deixar o Brasil. O camisa 10 nunca negou o sonho de jogar na Europa.

O fato de o clube do Morumbi ter reforçado o meio de campo também conta a favor para a saída do volante. Somente nos últimos dias, Rodrigo Souto e Cléber Santana foram contratados. Além deles, chegaram Carlinhos Paraíba e Léo Lima.

Outro ponto que conta a favor é o clube não ter negociado nenhum jogador no fim do ano passado. Diante disso, para estabilizar o caixa, a diretoria pretende fazer alguma transação e admite a necessidade disso para os próximos dias.

Hernanes e Miranda são os mais cotados. Os dois contam com bom mercado no exterior e rotineiramente figuram no noticiário europeu como possíveis reforços. O volante já foi sondado por Barcelona, CSKA Moscou e Atlético de Madrid. Este último, inclusive, esteve reunido com Juvenal Juvêncio e pode ser um dos três interessados. No entanto, ao invés de fechar o negócio para venda, o mandatário contratou Santana.

Já o zagueiro, recentemente, foi procurado pelo Wolfsburg, mas preferiu permanecer em virtude no nascimento do seu filho Lucas e do objetivo de disputar a Copa do Mundo.





Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/144697/visualizar/