Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Carros & Motos
Sábado - 20 de Julho de 2013 às 20:08
Por: Gustavo Casadio

    Imprimir


A Fiat apresentou nesta semana a versão 2014 do 500. O modelo ganhará novo motor - o MultiAir flex - o primeiro propulsor bicombustível com controle eletrônico de injeção de ar. Até este ano, o motor da fábrica italiana com essa tecnologia rodava apenas com gasolina. A Fiat ainda não divulgou os preços da versão 2014, que deverá começar a ser vendido no final do mês.


 
A tecnologia MultiAir controla a quantidade de ar admitida nos cilindros e, segundo a Fiat, tem como principais benefícios a redução de emissões e de consumo de combustível, aumento de potência máxima e torque. Em um trecho de estrada de pouco mais de 40 km o Fiat 500 testado com o novo motor 1.4 l 16 V (Sport Air) se mostrou acertado para o carrinho de 3m50 de comprimento e 1.093 kg. Ágil em acelerações desde o repouso (o 500 com câmbio manual de 5 marchas faz de zero a 100 km/h em 9s9 quando abastecido com etanol, segundo a Fiat) e com velocidade máxima de 184 km/h, o novo motor responde melhor às necessidades de retomada com rotações acima dos 3 mil giros.


 
A experiência é sensivelmente diferente quando acionado o botão "Sport", localizado no painel do 500 e que torna a resposta ao acionamento do acelerador mais rápida e deixa mais firme a direção elétrica - o que proporciona maior controle em velocidades mais altas.


 
Em relação ao mesmo 1.4 l EVO que equipa outras duas versões do Fiat 500, o propulsor MultiAir é 23% mais potente (20 cavalos a mais que os 85 e 88 com gasolina e etanol, respectivamente). Por enquanto, o MultiAir flex não tem previsão de estar em outros modelos da Fiat.
 


 
Automático
O Terra também dirigiu a versão do 500 MultiAir flex com câmbio automático. O modelo ganha uma velocidade (são seis marchas), mas a experiência de dirigir é bastante parecida com a transmissão manual. Com a função "Sport" acionada em situações de acelerações fortes, o giro sobe até quase 6,5 mil rotações antes da troca de marchas. Nessa versão, a transmissão possui funções como kick-down (reduz, sem necessidade de ser na sequência, a marcha em caso de retomada. Traduzindo: se o motorista estiver conduzindo a uma velocidade constante de 80 km/h em 6ª marcha e pisar o pedal do acelerador até o fundo, a transmissão automática muda direto para 3ª ou 4ª marcha, aumentando o giro e tornando mais alta a aceleração) e brake assistant (o mesmo princípio do kick-down, mas o contrário: reduz automaticamente as marchas em caso de freada brusca).


 
Na versão 2013, o 500 parte de R$ 49.140 e tem como principal concorrente o Smart Fortwo (que parte de R$ 49,9 mil). Hoje, a Fiat vende 1 mil unidades do carro por mês, que é produzido em uma fábrica da Chrysler e importado do México. A gama 2014 terá 5 opções: Cult e Cult Dualogic (com motores 1.4 l EVO) e Sport Air, Sport Air automático e Cabrio Air automático (os três com o novo prpopulsor MultiAir flex 1.4 l de 16 válvulas).
 
Ficha técnica
 
Versão: Fiat 500 Cult
 
Motor: 1.4 l EVO bicombustível
 
Potência: 85 cavalos (com gasolina) ou 88 cavalos (com etanol)
 
Transmissão: manual de 5 marchas
 
Itens de série: freio ABS e com distribuição eletrônica de distribuição, air bag, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, função sport, rádio com CD e MP3, vidros e travas elétricas e volante com regulagem de altura
 
Versão: Fiat 500 Cult Dualogic
 
Motor: 1.4 l EVO bicombustível
 
Potência: 85 cavalos (com gasolina) ou 88 cavalos (com etanol)
 
Transmissão: automatizada de 5 marchas
 
Itens de série: freio ABS e com distribuição eletrônica de distribuição, air bag, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, função sport, rádio com CD e MP3, vidros e travas elétricas e volante com regulagem de altura
 
 
Versão: Fiat 500 Sport Air
 
Motor: 1.4 l 16V MultiAir bicombustível
 
Potência: 105 cavalos (com gasolina) ou 107 cavalos (com etanol)
 
Transmissão: manual de 5 marchas
 
Velocidade máxima: 183 km/h (gasolina); 184 km/h (etanol)
 
Zero a 100 km/h: 9s9 (etanol); 10s2 (gasolina)
 
Itens de série: freio ABS e com distribuição eletrônica de distribuição, air bag, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, função sport, rádio com CD e MP3, vidros e travas elétricas, volante com regulagem de altura, faróis de neblina e volante em couro com comandos do rádio
 
Versão: Fiat 500 Sport Air automático
 
Motor: 1.4 l 16V MultiAir bicombustível
Potência: 105 cavalos (com gasolina) ou 107 cavalos (com etanol)
 
Transmissão: automática de 6 marchas
 
Velocidade máxima: 179 km/h (gasolina); 180 km/h (etanol)
 
Zero a 100 km/h: 12s2 (etanol); 12s6 (gasolina)
 
Itens de série: freio ABS e com distribuição eletrônica de distribuição, air bag, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, função sport, rádio com CD e MP3, vidros e travas elétricas, volante com regulagem de altura, faróis de neblina e volante em couro com comandos do rádio


 
Versão: Fiat 500 Cabrio Air automático
 
Motor: 1.4 l 16V MultiAir bicombustível
 
Potência: 105 cavalos (com gasolina) ou 107 cavalos (com etanol)
 
Transmissão: automática de 6 marchas
 
Carroceria: conversível
 
Itens de série: freio ABS e com distribuição eletrônica de distribuição, air bag, ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica, função sport, rádio com CD e MP3, vidros e travas elétricas, volante com regulagem de altura, faróis de neblina e volante em couro com comandos do rádio
 
O jornalista viajou a convite da empresa




Fonte: Terra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/14481/visualizar/