Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 26 de Janeiro de 2010 às 10:03
Por: Leandro J. Nascimento

    Imprimir


O segundo semestre de 2009 marcou a recuperação nas vendas de carne bovina do Estado para o mercado internacional. Apesar de os resultados terem ficado abaixo do esperado - nos quesitos volume e valor - alguns potenciais consumidores destacaram-se, a exemplo da Rússia e o Oriente Médio que juntos absorveram quase 50% do produto estadual.

Apenas para a Rússia embarcaram-se equivalente a US$ 137,5 milhões em carne, ou 29,1% de toda matéria-prima. Já o Oriente Médio importou US$ 95,7 milhões, o que representou 20,2% da produção mato-grossense.

Quando observado o desempenho dos cinco principais compradores de carne têm-se também a Venezuela (US$ 60,1 milhões) com a terceira posição, seguida pela União Europeia (US$ 51,7 milhões) e China (US$ 42,8 milhões), respectivamente quarta e quinta colocadas.

Na semana passada, a análise divulgada pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), mostrou que o volume exportado por Mato Grosso reduziu 18% se comparado a 2008. Ou seja, até dezembro do ano passado foram 185 mil toneladas.

Já no quesito valor a baixa foi de 26%. Isto porque de US$ 638 milhões obtidos em 2008 passou a US$ 473 milhões em 2009.

Segundo o Imea, Mato Grosso perdeu uma posição no ranking dos Estados exportadores de carne, sendo ultrapassado por Goiás, origem de 13% da carne embarcada no Brasil. Já a federação mato-grossense representou 12,8% e São Paulo, o primeiro do ranking, ficou com 41,3% desse bolo.






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/144819/visualizar/