Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Segunda - 25 de Janeiro de 2010 às 14:48
Por: Leandro J. Nascimento

    Imprimir


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu, mediante leilão, o consórcio a quem será outorgada a concessão para a prestação de serviço público de transmissão de energia elétrica, pelo prazo de 30 anos, para construção, operação e manutenção de instalações das linhas Nobres/Cuiabá e Nova Mutum/Nobres.

A primeira possuirá 130 quilômetros de extensão e, a segunda, 105km, ambas com tensão de 230kv. Os empreendimentos integravam o lote D do leilão promovido em novembro do ano passado e conduzido pela BMF&Bovesta, na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro. Em 4 de dezembro as proponentes que ofertaram a menor Receita Anual Permitida (RAP) entregaram os documentos de habilitação, em São Paulo.

De acordo com a Aneel, sete empresas pleiteavam a autorização para expandir as linhas energéticas em Mato Grosso. O vencedor foi o Consórcio Alupar Bimetal - Alupar Investimento S.A (60%) e Bimetal Indústria Metalúrgica Ltda (40%), cuja receita anual chegou a R$ 8,4 milhões. A maior RAP do grupo foi de R$ 9,5 milhões.

Com novas linhas de transmissão, prevê-se crescimento no sistema de transmissão para escoamento da energia excedente gerada no Estado, além de reforçar o atendimento à região metropolitana de Cuiabá.

Ainda no mesmo leilão realizado pela Aneel outros sete lotes eram disputados. Abrangiam os Estados de Goiás, Minas Gerais, Ceará, Espírito Santo e Amazonas.

Os empreendimentos comporão a Rede Básica do Sistema Interligado Nacional (SIN).






Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/144910/visualizar/