Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 15 de Dezembro de 2009 às 21:35

    Imprimir


A maioria das empresas brasileiras "ignorou" a crise e teve um faturamento em 2009 maior do que em 2008, além de ver com otimismo o próximo ano, segundo pesquisa realizada pela consultoria Deloitte e divulgada nesta terça-feira.

Segundo a pesquisa "Panorama Empresarial 2010 Negócios nos novos tempos da economia", 69% das empresas estimaram que chegarão ao final de 2009 com uma receita maior do que a obtida no ano passado, embora tenham registrado um primeiro semestre ruim. Na média, o crescimento das 573 empresas questionadas foi de 8%.

Os investimentos também fecharão o ano com um dado positivo: 71% delas devem fechar 2009 com um montante de aportes superior a 2008. "Os projetos de maior aposta são a modernização (considerando a aquisição de bens de capital), com 93%, e a implantação de novos produtos e serviços, com 91% dos apontamentos", informou a Deloitte em nota.

Para 2010, a maioria absoluta (95%) disse acreditar que terá crescimento. 64% dos entrevistados destacaram que darão prioridade no próximo ano, do ponto de vista estratégico, ao desenvolvimento e fornecimento de novos produtos e serviços. O nível de empresas que vão realizar aquisições também deve aumentar: 41% disseram que isso faz parte dos seus planos para 2010, contra "apenas" 13% que fizeram aquisições neste ano.

Segundo a consultoria, três setores possuirão maior potencial de crescimento para o próximo ano: petróleo e gás, construção e turismo.

"Os resultados da pesquisa mostram que 2009 foi um ano de recuperação para muitas empresas frente à crise mundial. Já 2010 tende a ser um ano de crescimento e retomada dos investimentos por parte das organizações", disse José Paulo Rocha, sócio-líder da área de Corporate Finance da Deloitte.





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/148448/visualizar/