Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 15 de Dezembro de 2009 às 14:39

    Imprimir


A Construção Civil é o setor com maior expectativa de contratação de funcionários para o primeiro trimestre de 2010 no Brasil. A informação é da Pesquisa de Expectativa de Emprego, realizada pela Manpower, empresa de recursos humanos que oferece serviços para ciclos de negócios e emprego das companhias.

De acordo com o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Estado de Mato Grosso (Sinduscon), o aumento da construção civil, e portanto de empregos diretos nesta área, também está previsto para o início de 2010 em Mato Grosso.

O presidente do Sinduscon, Cezário Siqueira Gonçalves Neto, informou ao site da TV Centro América que no final do ano de 2008, com o agravamento da crise financeira mundial, houve prorrogação de alguns projetos da iniciativa privada e do setor público na expectativa de acomodação do mercado financeiro, principalmente quanto à disponibilidade de capital de investimento. Agora será o momento em que estes projetos saírem do arquivo e, somados as novas propostas de construções, prometem movimentar o setor em 2010.

Com a retomada da credibilidade do mercado financeiro, além da solidez administrativa e financeira do país, o retorno do capital de investimento começa a ocorrer. Esta disponibilidade, associadas às escolha de Cuiabá como uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, e a retomada das necessidades de investimento previstas para serem feitas antes da crise financeira, coloca o Estado em um cenário de grandes expectativas para a Industria da Construção Civil para os próximos anos.

O Sindicato afirmou que grande responsável por contratações no próximo ano é a incrementação das construções das casas do programa 'Minha Casa, Minha Vida', do Governo Federal. "Os elementos que acelerarão o crescimento em nossa capital, terão também reflexo em outras cidades e regiões próximas, somando-se a este o crescimento da capacidade produtiva do nosso Estado, com a implementação de Industrias em outras cidades e a retomada do crescimento de investimento no Agronegócio", explicou o presidente do sindicato.

Outro fator do aumento de obras, desde o início do ano, é da construção de adequação da cidade para a Copa do Mundo de 2014, que possuem cronogramas de investimento para 2010, inclusive na industria da construção pesada."A potencialidade turística das regiões serão exploradas na capital, bem como Chapada dos Guimarães, Nobres, Barão de Melgaço, Jaciara dentre outras receberão investimentos visando a própria Copa De 2014", completou.

As cidades pólos do Estado, como Cuiabá, Rondonópolis, Cáceres, Sinop, Lucas do Rio Verde, e também nos centros produtores como Sorriso, Campo Verde, Nova Mutum, Tangará da Serra são os locais em que mais terão contratações na construção civil.

O nível de emprego da construção brasileira cresceu 7,3% no período janeiro-setembro de 2009, comparado ao mesmo período de 2008. Ao final de setembro, havia 2,297 milhões de trabalhadores com carteira assinada na construção civil em todo o país, 212 mil dos quais contratados nos primeiros nove meses do ano. "O crescimento da construção em 2010 será comandado pela ampliação dos investimentos públicos e privados", afirmou o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe. Segundo ele, espera-se um taxa de investimento em torno de 20% do PIB: as inversões crescerão de R$ 476 bilhões para R$ 625 bilhões. "Os setores que receberão mais recursos serão o imobiliário residencial e o energético; os investimentos imobiliários deverão passar de R$ 170 bilhões em 2009 para R$ 202 bilhões em 2010", disse.

Ainda não se tem um número exato de quanto deve ser investido em 2010 na construção civil do Estado. De acordo com o Sindicato da Construção Civil do Estado de Mato Grosso, o valor será alvo de um relatório de pesquisa de mercado que o Sinduscon, estará terminando até janeiro de 2010 no setor de Incorporação em Cuiabá, que somado aos investimentos das obras públicas e habitacionais, e projetando-os às demais cidades do Estado, poderão ser melhor avaliado e apresentado após a conclusão destes trabalhos.





Fonte: Redação TVCA

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/148494/visualizar/