Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Segunda - 07 de Dezembro de 2009 às 12:42

    Imprimir


A economia brasileira deve crescer cerca de 5% no próximo ano e manter o ritmo até 2014, segundo projeções feitas no relatório trimestral do BIS (Banco para Pagamentos Internacionais, na sigla em inglês), conhecido como "banco central dos bancos centrais", divulgado nesta segunda-feira.

O ritmo é menor que o da China --deve cair de 10% no próximo ano para 8% em 2014-- e o da Índia --que deve ficar perto de 7,5% ao ano e ao longo do período.

O BIS destaca o desempenho dos três países durante a crise, cujas economias caíram muito menos que as dos países ricos e se recuperaram mais rapidamente que o esperado. Para os próximos cinco anos o ritmo de expansão deverá ser "substancialmente mais rápido", diz o texto.

"A forte atividade econômica nos mercados emergentes poderia dar sustentação à demanda por bens nos países desenvolvidos, elevando assim a possibilidade de uma recuperação sustentável também nas principais economias avançadas."

Câmbio

O aumento do fluxo de capital estrangeiro nos países emergentes, devido às baixas taxas de juros nos países ricos, resultaram em uma valorização expressiva das moedas locais e ao aumento nos preços dos ativos. "Nos últimos meses isso se tornou uma fonte significativa de preocupação quanto a exportações e à estabilidade financeira", diz o relatório.

O documento destaca a cobrança de 2% de IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) do capital externo que aplicasse em ações. O anúncio da cobrança foi feito em outubro; em novembro, primeiro mês fechado após o início da cobrança, a parcela dos estrangeiros nos pregões da Bovespa desceu a seu mais baixo patamar em quase cinco anos.

Os investidores externos responderam por 28,1% do total movimentado na Bolsa brasileira em novembro (até o penúltimo pregão do mês), menor percentual desde dezembro de 2004, quando ficou em 27%. Em outubro, a parcela era de 33,7%.





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/149227/visualizar/