Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sexta - 04 de Dezembro de 2009 às 06:47

    Imprimir


Além de Blairo Maggi, quem também defendeu a permanência de Wilson Santos na Prefeitura de Cuiabá foi o deputado Gilmar Fabris (DEM). Ele usou o mesmo argumento do governador, apesar dos democratas articularem nos bastidores uma aliança de oposição com o PSDB que poderá ter até o prefeito cuiabano como concorrente ao governo.

"Conheço o Wilson há muito tempo e sei da sabedoria. Por isso, acho que ele vai reconhecer que o melhor para ele, para Cuiabá e para Mato Grosso é ele permanecer no atual cargo. Ele também não está num bom momento na administração e deve se dedicar a isso", ponderou Fabris, durante lançamento do programa Panela Cheia.

Gilmar Fabris não esconde interesse em apoiar o senador democrata Jaime Campos ao governo. Alega que ele tem a experiência de já ter comandado o Palácio Paiaguás e aparece bem nas pesquisas.

Assim como Maggi, o deputado do DEM cita casos como a greve dos médicos da rede pública e as suspeitas de fraude em licitações como episódios que marcaram os maus momentos da Prefeitura. Apesar disso, ambos fazem questão de frisar que não foram esses casos fatores determinantes para a defesa da permanência do prefeito.

Maggi e Fabris defenderam que Wilson continue na Prefeitura durante lançamento do programa Panela Cheia, projeto de transferência de renda em Mato Grosso e que garantirá R$ 68 para compra de alimentos a aproximadamente 46 mil pessoas que vivem na linha da pobreza e não são contempladas pelo Bolsa Família, do Governo Federal.(TM)





Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/149458/visualizar/