Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sábado - 06 de Junho de 2009 às 14:45
Por: Aline Ferreira e Thiago Itacar

    Imprimir


No último dia 03.06, quarta-feira, o Consórcio Intermunicipal da Bacia do Alto do Rio Paraguai foi representado pelo superintendente José Benedito Cândido de Souza em reunião no auditório da Secretaria Extraordinária de Projetos Estratégicos (Sepe) com a equipe técnica da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão (Empaer) e MT Regional para discutirem propostas para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar nos municípios de Mato Grosso. A iniciativa foi desenvolvida pela Secretaria de Estado de Desenvolvolvimento Rural (Seder) e Empaer, e baseia-se na Política Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (PNATER).

Os investimentos previstos são da ordem de R$ 18 milhões em parceria com o Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), e governo de Mato Grosso. O foco principal desse programa é promover a assistência técnica entre os municípios. A proposta prevê a contratação de técnicos agrícolas, que serão capacitados pela Empaer, além de outros benefícios como o incremento de recursos humanos, financeiros e materiais, visando garantir o fortalecimento da agricultura familiar e o desenvolvimento rural de todos os municípios de Mato Grosso. A concepção tem por finalidade a integração dos três níveis de governo – Federal, Estadual e Municipal, além da sociedade civil organizada voltada para o meio rural.

Segundo o secretário de Projetos Estratégicos, José Aparecido dos Santos, o objetivo é fortalecer a economia de cada Consórcio. Segundo ele, criam-se novas oportunidades, por meio da liberação de crédito. O secretário lembrou que os recursos previstos pelo Programa Mais Alimento do Governo Federal. “Caso seja necessário iremos a cada município com o pessoal do Banco do Brasil, para traçar e analisar a economia de cada região. Através dos Consórcios é possível fomentar a economia local, consequentemente, os pequenos produtores”, destacou.

Também discutiram na reunião a união de unir forças para incrementar a agricultura familiar mediante à Medida Provisória 455, do Governo Federal, que garante do total dos recursos repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento Escolar (FNDE) um mínimo de 30% para aquisição de gêneros alimentícios resultante desse tipo de empreendimento familiar. Segundo o presidente da Empaer, Leôncio Pinheiro da Silva Filho, nos últimos anos o Governo Federal vem disponibilizando uma série de políticas públicas aos estados e municípios, que, por outro lado os recursos, não chegam ao conhecimento dos produtores rurais. “Diante dessa realidade, propõe-se celebrar as parcerias com a finalidade de estruturar o serviço de assistência e extensão rural”, afirmou o presidente da Empaer.

DADOS

Com base em dados da Empaer, cerca de 70% da população economicamente ativa do Estado estão empregados no segmento agropecuário. A pesquisa revela ainda que existem 140,2 mil agricultores e 718 assentamentos com 90 mil famílias assentadas. A principal atividade desenvolvida é a cadeia produtiva do leite e mandioca. Todos eles provenientes da agricultura familiar.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/158788/visualizar/