Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Domingo - 12 de Abril de 2009 às 11:28

    Imprimir


Internada pela quarta vez num intervalo de dois meses, a primeira-dama e secretário de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social, Terezinha Maggi, continua no Sírio Libanês, em São Paulo. Ele voltou ao hospital no último dia 5 e foi submetida a uma nova intervenção cirúrgica. A esposa do governador Blairo Maggi se recupera de uma cirurgia na região addominal que se agravou por causa de infecção hospitalar.

Ela já estava com 14 dias de alta e fazia repouso no apartamento em Cuiabá quando voltou a sentir fortes dores e foi reconduzida ao hospital de São Paulo. Dois dias antes, Terezinha foi assistir a abertura do espetáculo Auto da Paixão de Cristo, que atraiu milhares de pessoas para o estacionamento do ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá. O evento religioso foi promovido pela própria pasta conduzida por Terezinha. O governador se mostra tranquilo e vê melhora no quadro clínico da esposa, tanto que já retornou a Mato Grosso e cumpre agenda normalmente. No Sírio Libanês, a secretária é assistida por oito médicos, sendo dois deles de MT: Juliano Canavarros e Jorge Lafetá.

Após a cirurgia de redução do estômago no Sírio Libanês e retorno a Cuiabá, Terezinha foi hospitalizada no Santa Rosa. Em seguida recebeu alta e, com menos de uma semana, teve de ser internada, desta vez no Jardim Cuiabá. Depois foi transferida para o hospital paulista, onde permaneceu por uma semana. Os médicos liberaram-na e, 14 dias depois, a primeira-dama se viu obrigada a retornar ao Sírio Libanês, onde permanece em recuperação num apartamento. Segundo os médicos, ela saiu do quadro grave, ou seja, não corre mais risco de morte.




Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/161729/visualizar/