Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Quarta - 08 de Abril de 2009 às 03:30
Por: Andréa Haddad

    Imprimir


O prefeito de Novo Mundo (670 km de Cuiabá), Aurelino Pereira de Brito (PT), decidiu reduzir o próprio salário em 40% devido à queda na arrecadação do município. O projeto de lei nº 06, de 30 de março de 2009, foi entregue à Câmara de Vereadores e deverá ser votado nos próximos dias. No dispositivo, o prefeito reduz o salário para R$ 6 mil e o do vice-prefeito e dos secretários municipais para R$ 4 mil e R$ 3 mil, respectivamente. O projeto altera a lei nº 266, em sua totalidade. A mudança, contudo, é provisória e só vale para até 31 de dezembro deste ano.

Na justificativa para a aprovação da proposta, entregue aos vereadores, Brito aponta que a arrecadação registrada em dezembro de 2008, de R$ 1,5 milhão, caiu para somente R$ 600 mil em março de 2009. "Há acentuado declínio na arrecadação a cada mês, o que nos leva a tomar medidas drásticas na contenção de gastos", justificou. Segundo o petista, a falta de receita influencia negativamente no volume de serviços prestados ao contribuinte. "Nosso propósito seria uma notável melhora na disponibilização dos serviços públicos, conforme vem ocorrendo desde o início do ano, em todos os setores da administração. Entretanto, os demais investimentos já planejados deverão ser amenizados em decorrência desta lamentável realidade financeira que vem se agravando desde o início deste ano", alegou.

No projeto, o petista também informa aos vereadores que a prefeitura vai priorizar apenas os serviços essenciais, como saúde, educação, transporte escolar, coleta de lixo e demais trabalhos indispensáveis para o escoamento de grãos. "Passamos a priorizar tão somente os serviços essenciais e os que sejam indispensáveis para manter o escoamento do setor produtivo". O petista Aurelino Brito foi eleito com 2.167 votos. Ele derrotou o candidato do PSDB, Valdori Garcia da Rocha, que recebeu apenas 1.817 votos.





Fonte: RD News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/161976/visualizar/