Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Meio Ambiente
Segunda - 16 de Março de 2009 às 13:55

    Imprimir


A costa nordeste dos Estados Unidos --especialmente a cidade de Nova York-- é uma das áreas mais vulneráveis diante do aquecimento global. O nível do mar aumentará entre 36 e 51 centímetros nos próximos 90 anos na região, segundo um estudo publicado no domingo (15) pela revista "Nature Geoscience".

O estudo, conduzido por uma equipe de pesquisadores da Universidade da Flórida (EUA), chegou à conclusão após analisar uma série de cenários para o futuro, cada qual contemplando diferentes graus de emissão de gases que intensificam o efeito estufa.

A identificação da costa nordeste americana como uma das áreas que serão mais afetadas pela mudança climática deve-se ao arrefecimento das correntes marinhas no Atlântico Norte. Este fato representaria, por si só, um aumento do nível do mar entre 15 e 23 centímetros, quase a metade do aumento previsto no total.

Assim, o mar ganhará em Nova York o dobro de avanço à terra em comparação ao resto do mundo.

Alertas constantes

Durante os últimos anos, e especialmente nos últimos meses, os cientistas reiteraram sua preocupação com o veloz aumento do nível do mar e alertaram que, mesmo que os Estados consigam frear a emissão de gases poluentes, o mar avançará à terra cada vez mais rápido durante este século.

Além disso, os especialistas conseguiram estabelecer uma relação direta entre o gelo nos polos e a profundidade dos oceanos.

Neste sentido, um recente estudo da Universidade do Oregon (EUA) afirma que o aquecimento global poderia causar o colapso do manto de gelo na Antártida ocidental, além de inundações no litoral da América do Norte e nas nações do Oceano Índico.





Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/163344/visualizar/