Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Sexta - 30 de Janeiro de 2009 às 10:02

    Imprimir


Um homem que teria forjado sua própria morte por afogamento 20 anos atrás em uma praia da Flórida foi descoberto pela polícia da Carolina do Norte no último sábado (24) ao ser parado depois de violar uma lei de trânsito, segundo a polícia.

Bennie Wint, que hoje tem 49 anos, teria confessado que 'forjou' sua morte em Daytona Beach em 25 de setembro de 1989, de acordo com a imprensa local.

Ele teria feito isso para se livrar de uma noiva e de uma filha de um casamento anterior -que hoje tem 23 anos. Depois de sua 'morte', ele casou-se e teve outro filho na cidade de Marshall, Carolina do Norte.

Ele disse também que, à época da fraude, estava 'paranoico' com suas atividades relacionadas ao tráfico de drogas nos anos 1970 e 80.

À época, até helicópteros e barcos foram usados para tentar recuperar o 'corpo' de Wint. Enquanto isso, ele foi se esconder em Ozark, Alabama.

Ao ser parado no último sábado por conta de irregularidades nos faróis de seu carro, ele tentou se esquivar dando o nome falso de James Sweet, segundo a polícia. Mas, quando os agentes da lei fizeram uma busca nos bancos de dados policiais, nada foi encontrado.

Os policiais desconfiaram e detiveram Wint sob o nome de 'John Doe' (Fulano de Tal). Depois, ele acabou revelando sua história, segundo a polícia.

Segundo a polícia, ele não foi indiciado por ter simulado sua morte.

Procurado pela rede de TV CNN, Wint teria pedido dinheiro para dar entrevista.





Fonte: G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/165493/visualizar/