Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Segunda - 08 de Dezembro de 2008 às 16:48

    Imprimir


O presidente do Conselho Administrativo da Sadia, ex-ministro Luiz Fernando Furlan, disse nesta segunda-feira que a companhia irá paralisar unidades de produção ainda no final deste mês. No entanto, segundo o presidente, ainda não foram definidas as unidades e por quanto tempo deverão durar as paradas.

Furlan justificou que as paralisações serão para manutenção, ajuste de estoque e compensação do banco de horas dos funcionários.

"Até julho, tínhamos capacidade de produção inferior à demanda, para compensar isso, houve aumento nos turnos de trabalho e acumulação do banco de horas dos funcionários. Vamos aproveitar o momento para fazer ajustes", disse.

Furlan também anunciou que em 2009 a Sadia pretende investir R$ 500 milhões na conclusão de projetos já em andamento, melhorias nas unidades, tecnologia e infra-estrutura. No entanto, o projeto de construção da indústria de produtos suínos para exportação, em Mafra (SC), previsto para 2009, foi adiado, sem data para realização.

"Houve aumento no preço da carne suína. O projeto perdeu sua urgência", disse. Neste ano, a Sadia investiu R$ 1,6 bilhão, um recorde histórico da empresa. Segundo Furlan, esses investimentos aumentaram a capacidade de produção da Sadia, que passou a atender à demanda do mercado.

"A partir de setembro, com aumento da capacidade da empresa, começamos a verificar um crescimento no volume das vendas que, só pela sua inércia, em 2009 vamos ter um crescimento de 5% ou 6% nas vendas", disse Sérgio Fonseca, vice-presidente de Mercado Interno da Sadia.

Ainda segundo Fonseca, a empresa espera crescimento de 10% no volume das vendas dos produtos comemorativos de final de ano, ante o mesmo período de 2007.





Fonte: Investnews

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/168357/visualizar/