Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Terça - 25 de Novembro de 2008 às 11:48

    Imprimir


A taxa de incidência de Aids entre pessoas acima de 50 anos dobrou entre 1996 e 2006, mostra o estudo Boletim Epidemiológico de Aids/DST, divulgado nesta terça-feira (25) pelo Ministério da Saúde. O número de casos a cada 100 mil habitantes passou de 7,5 para 15,7.

Dos 47.437 casos, 62% foram registrados a partir de 2001. Desses, 63% são homens e 37% são mulheres. Apenas 22,3% dos sexualmente ativos nessa faixa etária usam preservativos, enquanto entre pessoas de 15 a 24 anos o número chega a 57,3%. Hoje, o ministério da Saúde lançará uma campanha para essa faixa etária com o slogan "Sexo não tem idade. Proteção também não".

"O pessoal fica fantasiando que coroa não transa, fica fazendo tricô, jogando baralho. É uma tremenda fantasia. Faz tricô, baralho e outras coisas também", disse o ministro José Gomes Temporão (Saúde).

Do total de diagnosticados com Aids no país, 66% são homens e 34% mulheres. Em 1986, era registrado um caso em mulheres para cada 15 em homens. Desde 2000, o número passou para dez casos em mulheres para cada 15 em homens.

A maior parte das infecções ocorre em relações heterossexuais tanto no caso do sexo feminino (90,4%) quanto no masculino (29,7%). Entre os homens, a segunda maior forma de transmissão é por relação homossexual (20,7%), seguida de drogas injetáveis (19%). Nas mulheres, a segunda forma de transmissão é por uso de drogas injetáveis (8,5%).





Fonte: Folha Online

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/169037/visualizar/