Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Sexta - 14 de Novembro de 2008 às 16:30

    Imprimir


O dólar fechou em queda de cerca de 4% nesta sexta-feira, em um movimento de ajuste em relação à valorização das quatro últimas sessões, que, segundo analistas, foi pressionada por posicionamentos no mercado futuro. A moeda americana encerrou o dia cotada a R$ 2,271, em queda de 4,42%. Ainda assim, encerrou a semana acumulando uma alta de 5,1%.

"Eu acho que tem muito exagero nisso (na alta do dólar dos últimos dias). A posição dos investidores (estrangeiros) no mercado de dólar futuro continua muito alta. Curiosamente, mesmo nos dias em que se percebe um cenário melhor, com mercado mais otimista, eles não arredam o pé um milímetro", avaliou Hélio Ozaki, gerente de câmbio do banco Rendimento.

De acordo com os últimos dados divulgados pela BM&F, a posição comprada dos investidores estrangeiros no mercado futuro em nenhum dia deste mês foi menor que US$ 11 bilhões. Na prática, essa exposição significa uma aposta na alta do dólar.

Nesta sexta-feira, nem mesmo o recuo de 2% do principal índice da Bovespa, na esteira da queda de cerca de 3% nos mercados americanos, impediu o ajuste do dólar frente ao real.

Segundo analistas, as atuações que o BC vem fazendo contribuíram no ajuste do câmbio nesta sessão. "Os leilões aí em sequência acabam ajudando também a amortizar um pouquinho os efeitos de pressão do cenário externo", afirmou Ozaki.

Nesta tarde, a autoridade monetária vendeu todos os contratos ofertados em mais um leilão de swap cambial tradicional, colocando no mercado cerca de US$ 700 milhões.





Fonte: Reuters News

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/169514/visualizar/