Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Sexta - 14 de Novembro de 2008 às 10:48

    Imprimir


O Indicador Serasa de Inadimplência de Pessoa Física apontou crescimento de 7,5% na inadimplência dos consumidores nos dez meses de 2008, em relação ao mesmo período de 2007.

A Serasa, uma empresa do grupo Experian, revelou ainda que em outubro deste ano a inadimplência das pessoas físicas cresceu 6,9% na comparação com outubro de 2007. Já na variação mensal, outubro de 2008 sobre setembro último, a inadimplência dos consumidores avançou 4,9%.

O ranking de representatividade da inadimplência dos consumidores, até outubro de 2008, foi liderado pelas dívidas com os bancos, com 43,2% de participação no indicador. De janeiro a outubro de 2007, esta representação foi de 39,5%.

Em seguida estão as dívidas com cartões de crédito e financeiras. Nos dez primeiros meses de 2008, a representatividade dessas dívidas na inadimplência dos consumidores foi de 33,1%, ao passo que no mesmo período de 2007 este percentual foi de 30,3%.

Ocupando a terceira colocação no ranking, os cheques devolvidos tiveram, de janeiro a outubro de 2008, uma participação de 21,5% no indicador. Até o décimo mês de 2007, esta representação foi de 27,6%.

Os títulos protestados fecharam o ranking de inadimplência dos consumidores, com um peso de 2,2% no indicador até outubro deste ano, abaixo dos 2,6% verificados nos dez primeiros meses de 2007.

De janeiro a outubro de 2008, as dívidas com cartões de crédito e financeiras registraram um valor médio de R$ 409,70, com elevação de 11,7% ante o mesmo período de 2007.

Quanto às dívidas com os bancos, o valor médio verificado, até outubro de 2008, foi de R$ 1.347,09, o que representou 5,5% de aumento, comparando-se com os dez meses do ano passado.





Fonte: Só Notícias

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/169559/visualizar/