Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Terça - 18 de Junho de 2013 às 07:51
Por: Thais Festa

    Imprimir


O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) deve analisar, nos próximos dias, as diversas solicitações que foram encaminhadas sobre a proposta de prorrogação da obrigatoriedade do uso dos simuladores de direção veicular para os candidatos que pretendem tirar CNH na categoria B. Em nota, o órgão informa que a implantação é irrevogável, mas deve considerar a realidade dos Centros de Formação de Condutores (CFC"s). O prazo para a instalação do simulador termina no dia 30. Em Mato Grosso, nenhum dos 471 centros tem o equipamento.



 
A resolução obriga todos os centros a terem o aparelho. Porém, segundo o presidente do sindicato dos centros de Mato Grosso, Djalma Nogueira de Souza, um ofício foi encaminhado ao presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Gian Castrillon, para que seja prorrogado até dezembro. O sindicato argumenta que apenas uma empresa está credenciada para fazer a venda do aparelho, o custo de R$ 33 mil "é alto e dificulta a aquisição de muitos". Após a instalação o valor da carteira de habilitação deve subir aproximadamente 30%. Serão cinco aulas de 30 minutos cada, acompanhado de instrutor. As aulas serão feitas após a prova teórica e antes das aulas práticas.


 
A situação se repete em várias regiões do país como em Mato Grosso do Sul e Piauí que também pedem a prorrogação do prazo.


 
Com a instalação, a meta do Detran, é reduzir em até 50% o número de mortos e feridos em acidentes de trânsito no Brasil.





Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/17113/visualizar/