Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Terça - 22 de Julho de 2008 às 08:26

    Imprimir


Mato Grosso poderá retomar as exportações de carne bovina para o Chile. A informação é do secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), Inácio Kroetz, que participa até amanhã de uma missão no país vizinho. As vendas externas mato-grossenses aquele país foram suspensas em 2005, quando faltava garantias do Sistema de Rastreabilidade em Bovinos (Sisbov) e por causa da ocorrência de febre aftosa no Mato Grosso do Sul, naquele mesmo ano.

Kroetz afirma que atualmente, somente dois Estados, Rio Grande do Sul e Santa Catarina, estão habilitados para vender carne ao Chile e que a missão pleiteia, junto ao Serviço Agropecuário chileno (SAG) a inclusão de outras 10 unidades da federação. Além de Mato Grosso estão Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo, Sergipe e Tocantins. Todas foram reconhecidas em maio pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) como livres de aftosa com vacinação.

"Mato Grosso tem boas condições fitossanitárias. Diante disso, o governo tenta a abertura comercial para as áreas habilitadas e ganhar novos mercados para os produtores e frigoríficos brasileiros", diz ao revelar que em agosto a secretaria terá uma posição junto ao Serviço de Inspeção da União Européia, sobre a inclusão de propriedades no Norte e do Pantanal mato-grossense.

O secretário afirma que até o final da missão brasileira ao Chile deve se montado um cronograma de atividades entre os dois países, que inclui apresentação documental, missão in loco para conferir as informações prestadas e visita aos frigoríficos. "Uma das exigências daquele país é inspeção feita a cada dois anos e como estamos há dois anos e sete meses sem negócios terá que ser feito tudo novamente", diz ao considera que Mato Grosso é um grande fornecedor de carne.





Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/176236/visualizar/