Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Segunda - 21 de Julho de 2008 às 07:29
Por: Pamela Muramatsu

    Imprimir


O Microcrédito, do Governo de Mato Grosso, entre 2004, quando foi liberado o primeiro financiamento, até junho de 2008 já atendeu 3.113 pequenos empreendedores de 77 municípios mato-grossenses com empréstimos de até R$ 1 mil por pessoa. Já são exatos R$ 2.950.629,44 em valores aprovados. O valor médio aprovado a cada empreendedor ficou em R$ 947,85.

Coordenado pela Secretaria de Estado de Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social (Setecs), em parceria com a MT Fomento, as medidas de apoio ao micro e pequeno empreendedor têm mudado a vida de centenas de pessoas em todo o Mato Grosso e impulsionado a geração de renda. Desde a implantação, o Microcrédito já gerou 4.670 empregos diretos.

Quase 60% dos tomadores de empréstimos são mulheres (1.850), entre as quais 530 são chefes de família.

As pessoas com idades entre 26 e 36 anos (810) e que possuem o ensino fundamental completo (810) representam a maior parte do público beneficiado. As com mais de 45 anos representam 23% e as com idade até os 25 anos são 20% do total de cidadãos atendidos pelo programa.

Por meio do programa é possível financiar máquinas, equipamentos, ferramentas, móveis/utensílios (novos e usados), matéria-prima, mercadorias para revendas, bens de produção.

Uma das condições necessárias para ter acesso ao financiamento do Microcrédito é a participação em cursos sobre capacitação gerencial, cuja finalidade é estimular e desenvolver características empreendedoras dos interessados. Ministrados pelo Sebrae/MT (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Mato Grosso), 5.531 empreendedores participaram do curso, nem todos foram em frente com o financiamento. “É importante lembrar que o programa não está restrito apenas a liberação de crédito. O Governo acompanha o desenvolvimento dos beneficiados quanto ao gerenciamento de seu pequeno negócio”, lembrou a gerente do Microcrédito, Idirenes Queiroz.

O Governo do Estado ainda possui outras linhas de crédito, executadas através da Setecs e em parceria com a MT Fomento.

Os municípios que possuem o programa são: Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Alto Paraguai, Alto Taquari, Araputanga, Arenápolis, Aripuanã, Barra do Bugres, Barra do Garças, Brasnorte, Cáceres, Campinápolis, Campo Novo dos Parecis, Campo Verde, Campos de Júlio, Canarana, Carlinda, Castanheira, Chapada dos Guimarães, Cláudia, Colíder, Comodoro, Conquista D’Oeste, Cuiabá (somente o Banco da Mulher), Curvelândia, Denise, Diamantino, Glória D’Oeste, Guarantã do Norte, Guiratinga, Itanhanga, Itiquira, Jaciara, Jauru, Juína, Juruena, Lucas do Rio Verde, Luciara, Marcelândia, Mirassol D’Oeste, N. Sª. do Livramento, Nobres, Nortelândia, Nova Canaã do Norte, Nova Lacerda, Nova Marilândia, Nova Mutum, Nova Olímpia, Novo São Joaquim, Pedra Preta, Poconé, Pontal do Araguaia, Pontes e Lacerda, Porto Alegre do Norte, Porto Esperidião, Porto Estrela, Poxoréo, Primavera do Leste, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Rondonópolis, Rosário Oeste, Santo Afonso, São José do Quatro Marcos, Sapezal, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra, Terra Nova do Norte, Vale do São Domingos, Várzea Grande (Banco da Mulher), Vera, Vila Bela da Santíssima Trindade.





Fonte: Setecs-MT

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/176351/visualizar/