Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Politica Brasil
Sábado - 12 de Julho de 2008 às 12:25
Por: Téo Meneses

    Imprimir


O Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) encaminhou ontem à Procuradoria-geral de Justiça (PGJ) o primeiro pacote de denúncias de crimes eleitorais envolvendo candidatos após o prazo de registro de candidaturas.

O procurador-geral de Justiça, Paulo Prado, prometeu ontem encaminhar o pacote de denúncias aos promotores eleitorais para que sejam tomadas as providências necessárias.

Segundo o coordenador do MCCE, Antônio Cavalcante Filho, o Ceará, em seis representações foram pedidas as impugnações de 12 candidatos, inclusive prefeitos que tentam a reeleição.

Entre os alvos da representação estão Dário Júnior (PR), de Barão de Melgaço, que estaria usando a máquina pública em benefício próprio.

Também foi pedida a cassação do registro do prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB), que tenta a reeleição e, assim como o prefeito de Várzea Grande, Murilo Domingos (PR), teria efetuado gastos mesmo sem ter regularizado a documentação perante à Justiça. Segundo o MCCE, Murilo teria cometido ainda conduta vedada ao agente público em campanha eleitoral. De acordo com a denúncia, ele teria nomeado integrantes do PV no primeiro escalão de seu governo em troca de apoio político à sua reeleição.

Segundo Ceará, no ato de nomeação que aconteceu quinta-feira em Várzea Grande estava presente a primeira-dama do Estado, Terezinha Maggi, também alvo da representação por parte do MCCE.

O Movimento também cita na representação a empresa "Google do Brasil, para que a mesma impeça o uso das páginas do site de relacionamentos Orkut para propaganda eleitoral. Vários candidatos estão usando este meio ilegal de propaganda, entre eles o apresentador de TV Everton POP, candidato pelo PP de Cuiabá a uma vaga na Câmara Municipal".

O MCCE é o maior responsável pelas denúncias populares encaminhadas à Justiça Eleitoral neste ano. A maior parte se refere à propaganda extemporânea que teria sido protagonizada pelos concorrentes antes do último dia 6, data a partir da qual foi liberada a propaganda.

Segundo Ceará, entre os denunciados está o candidato a prefeito de Cuiabá pelo PSB, Valtenir Pereira, que teria efetuados gastos mesmo sem registrar seu comitê financeiro.





Fonte: A Gazeta

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/176918/visualizar/