Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Quarta - 18 de Junho de 2008 às 17:15
Por: Theodora Malacrida

    Imprimir


Roubos, assaltos à mão armada e furtos estão se tornando constantes em Tangará da Serra. Com uma população aproximada em 80 mil habitantes, o município já não é mais considerado pequeno e convive de perto com o drama das grandes cidades. Principalmente no mês de maio onde os índices deste tipo de ocorrência, registrados pela Polícia Militar, aumentaram significativamente. O alvo principal dos bandidos foram e continuam sendo estabelecimentos comerciais, que agem em questão de minutos, sem tempo para a reação imediata da polícia. Na maioria das vezes agem em plena luz do dia, entram armados e fogem sem deixar pistas. Esta situação acaba deixando a população com medo e temendo em serem ou não as próximas vítimas.

Tendo em vista esses acontecimentos, que os representantes da Polícia Militar através do Major Judison Ferreira Faria, Coronel Gilson, de Cuiabá e o Tenente-Coronel Durval Rodrigues, participaram de uma reunião, com o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra (Acits), Ramão Chaparro.

“O intuito do nosso encontro é de fazer uma pré-liminar com a comunidade, estudar o que a sociedade tangaraense anseia, para poder entregar ao Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Campos Filho, trazendo em breve alguns resultados”, explicou Coronel Gilson ressaltando ainda a importância de ser apresentado alguns dados aos empresários em geral e também à população, formas para conter com essa criminalidade.

“Tangará vem crescendo a cada dia que passa e os registros apontam que no mês de maio os índices de roubos, furtos, assaltos e violência em geral, aumentou gradativamente. Diante disso iremos agendar uma palestra com todos os representantes da sociedade tangaraense a fim de que esses casos não se tornem atípicos em Tangará da Serra, tendo em vista que são cidadãos que pagam impostos e merecem uma segurança maior”, observou.

Para o presidente da Acits, Ramão Chaparro, a preocupação da PM é um grande passo para a segurança do comércio. “Este é um grande passo da PM para com a população em geral. Essa aproximação com toda a sociedade é importante, mesmo porque, para nós que representamos o comércio, sabemos que através dos casos de furtos ocorridos nos comércios, acabam se tornando pontos negativos para nossa economia. Tangará é pólo comercial, pessoas de outras cidades fazem compras aqui, não podemos perde-los”, acentuou Chaparro.





Fonte: Diário da Serra

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/178419/visualizar/