Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Cidades/Geral
Sexta - 09 de Novembro de 2007 às 09:20
Por: Eduardo Ramos

    Imprimir


Pode ficar para o ano que vem a divulgação do resultado da reconstituição feita ontem para esclarecer a trágica simulação da PM no bairro Jardim das Flores. Segundo o perito Carlos Roberto Angeloti, as informações levantada durante a reconstituição vão ser agora confrontadas com os laudos periciais feitos anteriormente no local, nas armas e nas imagens registradas no dia da simulação, trabalho que pode levar entre 45 e 60 dias para ser concluído.

"É um trabalho minucioso, que precisa ser feito sem pressa. Qualquer precipitação pode comprometer o resultado final e não queremos isso. Faremos tudo como manda a técnica e posso assegurar que o laudo será definitivo quanto a identificação do autor ou autores dos disparos com munição real", afirmou o perito.

Angeloti disse que a reconstituição vai esclarecer de vez se os disparos reais saíram de uma ou mais armas. Conforme o laudo do Instituto Nacional de Criminalística (INC) divulgado no mês passado (veja link abaixo), foram feitos 17 disparos e cinco deles eram com munição verdadeira e teriam saído de duas armas – informação que contraria o laudo feito inicialmente em Mato Grosso.

"É importante dizer que as perícias feitas por nós e pelo INC de Brasília basearam-se em imagens, fotos e depoimentos. A reconstituição no entanto nos fornece bases reais para confirmar ou não todas as hipóteses pendentes, inclusive esta do segundo atirador", garante Angeloti.





Fonte: Primeira Hora

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/199232/visualizar/