Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Quarta - 17 de Outubro de 2007 às 08:10

    Imprimir


PEQUIM, 17 Out 2007 (AFP) - A China voltou a criticar nesta quarta-feira o encontro do presidente americano George W. Bush com o Dalai Lama, considerando o mesmo uma "interferência grosseira nos assuntos internos chineses".

O porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Liu Jianchao, citado pela agência oficial Nova China, afirmou que o país sente "um forte ressentimento" por causa do encontro, ao qual se opõe de maneira decidida.

Apesar das advertências de Pequim, Bush se reuniu na terça-feira durante mais de meia hora com o líder espiritual tibetano, que vive exilado desde 1959.




Fonte: AFP

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/202542/visualizar/