Publicidade
Repórter News - reporternews.com.br
Saúde
Sexta - 12 de Outubro de 2007 às 15:48

    Imprimir


Hoje (12) é comemorado o Dia Mundial de Conscientização sobre a Artrite Reumatóide, uma doença grave que, somente no Brasil, afeta um milhão de pessoas. A doença afeta principalmente as articulações das mãos, punhos e pés, mas também pode provocar a inflamação dos olhos, pulmões e coração. As informações são da Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR).

A artrite reumatóide é uma doença crônica auto-imune, ou seja, é uma doença na qual o próprio sistema imunológico, que normalmente é responsável por defender o organismo, acaba atacando o organismo, e isso pode, no caso da artrite, evoluir para deformidades nas articulações, nas juntas, o que afeta a qualidade de vida das pessoas.

Também estão incluídas na lista das doenças reumáticas o lúpus, a esclerose, a osteoporose, a gota, a fibromialgia e as tendinites. No total, são mais de cem doenças auto-imunes catalogadas pela ciência.

De acordo com a reumatologista Lícia da Mota, presidente da Sociedade de Reumatologia de Brasília, as causas e conseqüências das doenças reumáticas podem ser diferentes. Por isso, é importante descobrir o problema logo no início, para que o tratamento não deixe a doença evoluir.

Segundo a médica, a doença afeta três vezes mais mulheres do que homens, e a faixa etária mais atingida é entre 40 e 50 anos. O tratamento é feito principalmente com medicações para a dor e para evitar a evolução da doença, que são as chamadas drogas modificadoras de artrite reumatóide. “São medicações que se utilizadas precocemente modificam essa alteração no sistema imunológico que provoca o ataque às articulações”, explica a médica.

Segundo Mota, o sintoma que deve levar a pessoa a procurar o médico é a dor na articulação, sobretudo durante o repouso. A pessoa já acorda com dor nas articulações. A dor melhora com as atividades, e é acompanhada por uma rigidez intensa, especialmente no período da manhã. “Se o paciente apresenta dor nas articulações há pelo menos quatro semanas ele deve procurar o médico, de preferência um reumatologista”.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, a artrite reumatóide é responsável por 22% de todas as mortes relacionadas a artrites e demais problemas reumáticos. Mais informações podem ser obtidas pelo site da Sociedade Brasileira de Reumatologia.





Fonte: TVCA

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/203033/visualizar/