Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quarta - 26 de Setembro de 2007 às 09:20
Por: Tania Rauber

    Imprimir


Lucas do Rio Verde está prestes a entrar na lista dos municípios que estão investindo em novas alternativas com a produção do biodiesel. A unidade instalada na cidade, da Fiagril, está recebendo os últimos ajustes para começar a operar. A expectativa, segundo o gerente administrativo Francisco Flores, é que a produção comercial tenha início no próximo dia 5.

Ele explicou que toda a estrutura está pronto e ainda estão sendo concluídos os trabalhos na sala de comando. “Em seguida, vamos realizar alguns testes, primeiro com água, para ver se não há vazamentos nos tanques. Posteriormente, com o produto para ajustar a programação dos equipamentos e a composição do biodiesel”, explicou.

A indústria utilizará o óleo de soja degomado e sebo bovino, que existem em grande escala na região, para a fabricação do biodiesel. Cerca de 10% da matéria-prima será adquirida de pequenos produtos, cumprindo a determinação do ‘selo combustível social’. A unidade terá capacidade de produção de 120 mil toneladas, equivalente a 134 milhões de litros, ao ano. Toda a produção será comercializada para a Petrobrás.

Atualmente, existem unidades operando em Sinop, Sorriso, Barra do Bugres, e outros municípios mato-grossenses, mas ainda são poucos. Um dos problemas enfrentados por algumas empresas é a autorização dos órgãos responsáveis, entre elas a Agência Nacional de Petróleo (ANP), o que já foi solucionado pela unidade em Lucas do Rio Verde, que recebeu autorização da ANP, Sema e Receita Federal, garantiu Flores.

O biodiesel é apontado como uma alternativa ao óleo diesel, por ser um combustível que não polui o meio ambiente, sendo fonte de energia renovável. Também pode ser feito do óleo de soja, girassol, dendê, entre outros.





Fonte: Só Notícias

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/205680/visualizar/