Repórter News - reporternews.com.br
Economia
Quinta - 20 de Setembro de 2007 às 15:46

    Imprimir


Uma pesquisa do CNI/Ibope divulgada hoje revela que 85% da população considera alto o valor dos impostos para a qualidade dos serviços públicos. 57% dos entrevistados diz que a Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF) ajuda a elevar a carga tributária.

A maioria (62%) destaca que o setor público já arrecada muito e pode abrir mão do imposto do cheque, e 57% acreditam que a contribuição, cuja manutenção está sendo votada no Congresso Nacional, aumenta o preço dos produtos e atinge a todos os contribuintes.

A pesquisa mostra que 54% dos brasileiros defendem a extinção do imposto do cheque em 31 de dezembro. Outros 12% acham que a cobrança deve continuar, mas com uma alíquota inferior à atual. Há ainda 12% de pessoas que defendem a extinção gradual da contribuição. Apenas 5% querem a manutenção da cobrança como é hoje.

Feita com 2.002 pessoas, entre os dias 13 e 18 de setembro, a pesquisa indica ainda que a avaliação do governo Lula caiu dois pontos percentuais de junho para cá. O número de pessoas que considera o governo ótimo ou bom recuou de 50% em junho para 48% neste mês. A aprovação ao modo como o presidente Lula governa passou de 66% em junho para 63% neste mês. A confiança no presidente Lula caiu de 61% para 60%.

Apesar do leve recuo nas diversas avaliações, a percepção da população em relação ao governo é positiva. Entretanto, os brasileiros se mostram mais preocupados com a inflação e o desemprego. Conforme a pesquisa CNI/Ibope, 52% das pessoas acreditam que a inflação aumentará nos próximos seis meses, ante os 40% registrados em junho.

Além disso, 52% das pessoas esperam o aumento do desemprego. Em junho, esse número era de 48%, informa o estudo. As expectativas em relação à renda permaneceram estáveis. Para 31% dos brasileiros, a renda geral da população aumentará. Outros 38% acham que a renda não mudará, e apenas 26% dizem que diminuirá.

A margem de erro da pesquisa, feita em 142 municípios, é de dois pontos percentuais e o grau de confiança, de 95%.





Fonte: Olhar Direto

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/206487/visualizar/