Repórter News - reporternews.com.br
Esportes
Domingo - 16 de Setembro de 2007 às 13:19

    Imprimir


Depois de começarem o ano de formas muito distintas, Grêmio e Internacional chegam ao principal clássico do Rio Grande do Sul de forma equilibrada. Pelo menos se comparada na primeira vez em que se enfrentaram nesse ano. Os dois times de Porto Alegre se enfrentam neste domingo, às 18h10 (de Brasília), no estádio Olímpico, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Essa é apenas a segunda partida dos dois times este ano, pois, enquanto Grêmio foi campeão gaúcho, o Inter nem mesmo passou da primeira fase, assim como aconteceu na Copa Libertadores, torneio que o Tricolor foi finalista. Quando os dois se enfrentaram no primeiro turno do Brasileirão, as fases eram exatamente essas e a equipe do técnico Mano Menezes venceu o Colorado por 2 a 0, no Beira-Rio.

Na competição nacional, entre altos e baixos, Grêmio faz uma boa campanha. Depois de vencer dois jogos seguidos, perdeu o último por 3 a 0 para o vice-líder Cruzeiro, na estádio com Mineirão. Com esse resultado, se manteve na sexta colocação e pode voltar para o G-4 em caso de vitória no clássico.

Já o Internacional não conseguiu se firmar no Campeonato Brasileiro. Depois de ficar três jogos sem vencer, bateu o Flamengo por 3 a 0 na última rodada e subiu para a nona colocação, com apenas três pontos a menos que o arqui-rival. Assim, além das disputa histórica entre os dois time, esse jogo também vale posições na tabela.

Pelo lado do Grêmio, o time aposta na força de sua torcida para vencer a partida, como diz o volante Sandro Goiano. “Acredito que nossa torcida possa nos ajudar nesse aspecto, empurrando nossa equipe. A gente tem que fazer o que fazemos com freqüência no nosso estádio: marcar com pressão, jogar em cima do adversário, caprichar mais nas finalizações. É o detalhe que vai decidir o jogo.”

Quem tem uma grande expectativa para esse jogo é o zagueiro Léo. Depois de ser alçado das categorias de base do Tricolor, ele fará, aos 19 anos de idade, seu primeiro Gre-Nal. “Não posso negar a ansiedade, dá um frio na barriga, mas quando a bola rola tudo é superado. Conheço o clima da partida, vou entrar em campo e mostrar garra”, afirmou o jovem jogador gremista.

O técnico Mano Menezes – que depois de ficar de fora de algumas partidas por estar suspenso, volta a comandar o time na beirada do campo após ser absolvido pelo STJD – tem retornos e talvez estréias no time. Nas laterais, Bustos volta pela direita e Hidalgo pela esquerda. Já no ataque, descontente com o trabalho de Ramón, o treinador deve promover a estréia do recém-contratado Jonas, ao lado de Tuta.

O Internacional também deverá ter uma estréia. Contratado há algumas semanas, mas o zagueiro uruguaio Sorondo deve aparecer no time. Outro jogador do Colorado comemora uma importante marca. O ex-meia e agora lateral-esquerdo Alex atinge os 100 jogos com a camisa do Inter. “Tenho boas lembranças do Gre-Nal, por isso estou bastante motivado. Foi meu o cruzamento para o gol 999 da história do clássico, marcado pelo Vinícius em 2004. Também atuei na vitória do ano passado no Olímpico”, disse.

Alex ainda minimizou não jogar mais em sua posição de origem, armando as jogadas. “Estou me sentindo um legítimo lateral. Nesta posição, você pega menos na bola, tem que marcar mais. É claro que ainda tenho muito o que melhorar, mas acho que estou tendo um bom rendimento”, concluiu.

O Inter não poderá contar com o goleiro Clemer, suspenso pelo STJD, mas o jovem Renan garante estar preparado para o retorno ao time titular. “Jogo Gre-Nal desde os nove anos. É um jogo importante para o clube. Eu me preparo para estar bem em todos os jogos, e não somente no Gre-Nal. Se eu tiver a possibilidade de jogar será importante eu ir bem e ajudar o grupo a conseguir uma vitória.”





Fonte: Só Notícias

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/206944/visualizar/