Repórter News - reporternews.com.br
Internacional
Sábado - 25 de Agosto de 2007 às 19:22

    Imprimir


Manágua, 25 ago (EFE).- Um grupo de médicos cubanos chegou à Nicarágua para levar atendimento aos habitantes do litoral do Caribe do país, informou hoje a ministra da Saúde nicaragüense, Maritza Cuan.

O grupo é formado por 90 profissionais, entre médicos gerais, cirurgiões, pediatras, residentes, técnicos de laboratório, obstetras e enfermeiras, e chegou a Manágua na sexta-feira à tarde de Havana, disse a ministra à "Radio Nicaragua".

Ela explicou que a brigada médica instalará dois hospitais de campanha: um no município de Muelle de los Bueyes (Caribe sul), e outro no município de Waspam (Caribe norte), onde prestarão atendimento à população. "Esta brigada possui duas equipes de trabalho: 45 ficarão em Muelle de los Bueyes e os outros 45 em Waspam", acrescentou.

Segundo a ministra, os dois hospitais de campanha estarão prontos em 15 dias e devem ser transformados em centros assistenciais permanentes em 2008.

Cuan disse que decidiram enviar essa brigada médica ao Caribe nicaragüense por ser uma área com pouco acesso a serviços de saúde e com alta taxa de desnutrição infantil, entre outros problemas.

A comitiva cubana trouxe dois lotes de remédios, que não foram contabilizados pela ministra da Saúde. Segundo os cálculos oficiais, os 90 médicos atenderão a cerca de 500 mil pessoas das duas regiões do Caribe nicaragüense.

Cuan ressaltou que a ajuda cubana faz parte da Alternativa Bolivariana para as Américas (Alba), o projeto de integração latino-americana promovido pelo presidente da Venezuela, Hugo Chávez.

A Nicarágua aderiu à Alba em 11 de janeiro, um dia depois que o sandinista Daniel Ortega tomou posse.





Fonte: EFE

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/209830/visualizar/