Repórter News - reporternews.com.br
Polícia Brasil
Quinta - 02 de Agosto de 2007 às 15:35

    Imprimir


Os investigadores acreditam que Cuiabá se transformou em um ponto estratégico para as quadrilhas que agem entre o Brasil e a Bolívia. A polícia está investigando uma quadrilha especializada em carros roubados na capital de Mato Grosso, que teria envolvimento de funcionários e ex-funcionários do Detran. Nesta semana, foi descoberto um empresa de desmanche de veículos usado pelo grupo.

Os policiais investigam a ligação do dono de uma verdadeira empresa de desmanche com 16 pessoas presas no mês passado, suspeitas de negociar autopeças ilegais. No desmanche, os produtos estavam separados de acordo com o tipo: portas de um lado, carrocerias do outro, além de motores, acessórios e tanques de combustível. A polícia calcula que pelo menos 30 caminhonetes e carros novos foram desmontados no local.

Para os investigadores, a Capital deixou de ser mera passagem das quadrilhas do Centro-Oeste rumo à Bolívia e passou a ser destino dos negócios delas. "(Os criminosos) estão abastecendo, no atacado, várias empresas de Cuiabá", diz o delegado Roberto Amorim, que investiga o caso.

A oficina fica na periferia de Cuiabá, em um galpão que, segundo a polícia, pertence a uma funcionária do departamento de apreensão do Detran de Mato Grosso, que foi exonerada na quarta-feira.

Segundo o advogado dela, o prédio estava alugado há três meses e ela não sabia que um desmanche funcionava no galpão.

A polícia também encontrou duas caminhonetes, um carro e uma moto roubados em uma loja de autopeças que pertence a um ex-coordenador das Ciretrans que fiscalizam os municípios de Mato Grosso. Também foi apreendida no estabelecimento uma pistola com 50 balas.





Fonte: G1

Comentários

Deixe seu Comentário

URL Fonte: http://reporternews.com.br/noticia/213929/visualizar/